Foto de Eliomar de Lima
clique para exibir bio do colunista

O jornalista Eliomar de Lima escreve sobre política, economia e assuntos cotidianos na coluna e no Blog que levam seu nome. Responsável por flashes diários na rádio O POVO/CBN e na CBN Cariri.

UFC vence edital nacional e terá Centro de Pesquisa Aplicada em Inteligência Artificial na área de saúde

O reitor Cândido Albuquerque classifica o êxito no edital e a futura instalação de um equipamento de inteligência artificial voltado à saúde como "uma importante vitória da ciência do Ceará"
Tipo Notícia
Reitor da UFC, Cândido Albuquerque (Foto: Reprodução / UFC)
Foto: Reprodução / UFC Reitor da UFC, Cândido Albuquerque

A Universidade Federal do Ceará foi uma das seis instituições de pesquisa de todo o País selecionadas para a instalação de Centros de Pesquisa Aplicada (CPAs) em Inteligência Artificial. A proposta da UFC foi aprovada em seleção nacional conduzida por um consórcio formado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). O anúncio dos vencedores foi feito na última terça-feira (4).

A proposta apresentada, segundo a assessoria de impensa da UFC, é intitulada Centro de Referência em Inteligência Artificial (CEREIA). O objetivo é desenvolver, entre outras coisas, projetos na área da saúde envolvendo internet das coisas, big data e transformação digital, entre outras áreas, voltadas para diagnóstico, prevenção e terapêutica de baixo custo. A UFC tem como parceiros na iniciativa três Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Universidade de Fortaleza (UNIFOR).

O reitor Cândido Albuquerque classifica o êxito no edital e a futura instalação de um equipamento de inteligência artificial voltado à saúde como “uma importante vitória da ciência do Ceará”. Segundo ele, “há muitos anos a UFC queria um projeto como esse”, por isso a conquista é tão importante, especialmente em um momento em que a Universidade passou a investir mais fortemente em pesquisas e desenvolvimento de inteligência artificial, reunindo vários grupos de pesquisa e criando uma estrutura específica relacionada à temática.

“O Centro emerge reunindo a excelência em pesquisa na área, a visão estratégica da atual administração sobre o papel da inovação, a aproximação crescente da UFC com empresas e gestão pública, em alinhamento com parceiros como a FUNCAP e entidades empresariais. A ênfase atual do Centro na saúde é uma demonstração inequívoca da posição da UFC em dar respostas à sociedade em um momento crítico como o que vivemos”, avalia o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFC, Prof. Jorge Lira.

Parceria

Como parceiro privado, a Universidade terá a rede de saúde Hapvida, que também entrará com uma contrapartida do investimento feito pelos agentes públicos. Além disso, há ainda o suporte da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). O CEREIA funcionará dentro do Centro de Referência em Inteligência Artificial (CRIA), já criado pela UFC.

Consórcio

O edital prevê que o consórcio FAPESP/MCTI/CGI garantirá recursos da ordem de R$ 1 milhão por ano ao CEREIA ao longo de cinco anos, ao passo que a rede Hapvida fornecerá o mesmo valor e terá acesso aos produtos desenvolvidos pelo CEREIA. Ao final desse período, o financiamento poderá ser renovado por mais cinco anos. Como se trata de um projeto de grande porte, a expectativa é de que ele envolva pelo menos 50 pesquisadores de diferentes programas de pós-graduação.

O projeto será coordenado por um comitê executivo que terá como diretor o professor José Soares de Andrade Júnior, do Departamento de Física, e como vice-diretor Pedro de Alcântara dos Santos Neto, da Hapvida. Além deles, o comitê é composto ainda por três professores coordenadores, nas respectivas áreas: Jorge Soares (Pesquisa e Inovação); Rodrigo Porto (Transferência Tecnológica) e Maurício Benevides (Educação e Difusão de Conhecimento).

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais