Foto de Eliomar de Lima
clique para exibir bio do colunista

O jornalista Eliomar de Lima escreve sobre política, economia e assuntos cotidianos na coluna e no Blog que levam seu nome. Responsável por flashes diários na rádio O POVO/CBN e na CBN Cariri.

OAB-CE lança campanha contra a Pobreza Menstrual das Mulheres Encarceradas

As doações (de qualquer valor) poderão ser realizadas até o dia 30/08/2021, e serão revertidas em ítens de Higiene Íntima Feminina e entregues às mulheres institucionalizadas no Instituto Penal Feminino Auri Moura (IPF)
Tipo Notícia
Banner da campanha (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação Banner da campanha

No Ceará, segundo o Instituto de Planejamento e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), as mulheres negras representam 85% das mulheres encarceradas e sequer possuem acesso a recursos básicos de higiene íntima feminina.

Pensando nisso, a Comissão de Promoção da Igualdade Racial da OAB-CE idealizou a Campanha “Solta o fluxo - Campanha contra a Pobreza Menstrual das Mulheres Encarceradas”, para garantir o acesso a absorventes para as mulheres encarceradas.

Para a presidente da Comissão da OAB-CE, Raquel Andrade, a campanha é resultado da “atuação efetiva da Comissão para enfrentar as desigualdades sociorraciais no Sistema Prisional Cearense, que privam as mulheres do acesso a itens básicos para a dignidade. Precisamos nos unir e lutar contra as desigualdades”, disse.

As doações (de qualquer valor) poderão ser realizadas até o dia 30/08/2021, e serão revertidas em ítens de Higiene Íntima Feminina e entregues às mulheres institucionalizadas no Instituto Penal Feminino Auri Moura (IPF).

DETALHE - Em 2014, a Organização das Nações Unidas (ONU) passou a reconhecer o direito das mulheres à higiene menstrual como uma questão de saúde pública, mas isso ainda não vem sendo ofertado devidamente, e nesse período pandêmico da Covid-19, a situação se agravou ainda mais.

 

SERVIÇO

*PIX para doação: 85- 98742-2829/ RAQUEL ANDRADE DOS SANTOS (Presidente da Comissão de Promoção da Igualdade Racial da OAB-CE).

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais