Foto de Eliomar de Lima
clique para exibir bio do colunista

O jornalista Eliomar de Lima escreve sobre política, economia e assuntos cotidianos na coluna e no Blog que levam seu nome. Responsável por flashes diários na rádio O POVO/CBN e na CBN Cariri.

Guilherme Sampaio apresenta projeto da Lei do Preço Claro, na Assembleia Legislativa

A iniciativa consiste na obrigatoriedade de que os supermercados informem, na etiqueta dos produtos, o valor cobrado por unidade de medida
Tipo Notícia
Guilherme Sampaio (PT) (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação Guilherme Sampaio (PT)

O deputado Guilherme Sampaio (PT) deu entrada num projeto de lei na Assembleia Legislativa chamado "Lei do Preço Claro". A legislação, que já opera na Capital, dá mais transparência ao processo de compra e venda de produtos nos supermercados e lojas congêneres.

A iniciativa consiste na obrigatoriedade de que os supermercados informem, na etiqueta dos produtos, o valor cobrado por unidade de medida. Desta forma, fica mais fácil saber quanto se está pagando pela mercadoria, independentemente da quantidade contida na embalagem.

Como funciona

Ao comprar um desinfetante de cinco litros, por exemplo, além do preço do produto, o cliente poderá consultar, na etiqueta, qual o custo do desinfetante por litro. Desta forma, será possível comparar com os demais produtos qual deles está com menor preço, aferindo, inclusive, se vale a pena comprar o mesmo produto, mas com embalagem menor. A regra vale para todas as unidades de medida, sejam elas quilos, metros ou unidades.

“Se você for olhar na gôndola do supermercado, em Fortaleza, vai observar que o produto tem o preço normal e o preço por unidade de medida na etiqueta. Isso é fruto da aprovação da Lei Ordinária nº 9.545, que foi apresentada e aprovada por nós, ainda na Câmara Municipal”, explicou o parlamentar, que pretende estender a regra para todo o Estado.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais