clique para exibir bio do colunista

O jornalista Eliomar de Lima escreve sobre política, economia e assuntos cotidianos na coluna e no Blog que levam seu nome. Responsável por flashes diários na rádio O POVO/CBN e na CBN Cariri.

EliomarDeLima • NOTÍCIA

André Fernandes terá que explicar acusações contra Cabeto, cobra PSDB

Partido deu entrada em representação no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Ceará e aponta quebra de decoro parlamentar, o que poderá resultar em cassação de mandato Por

O deputado André Fernandes (PSL) enfrentará nova representação por quebra de decoro parlamentar, após o PSDB dar entrada em representação no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Ceará, que solicita à Casa Legislativa a apuração das acusações do parlamentar contra o secretário da Saúde do Estado (Sesa), Dr. Cabeto, que é filiado ao partido.

Caso não consiga comprovar as acusações, André Fernandes poderá enfrentar processo de cassação por ter usado o mandato de deputado estadual de maneira irresponsável e por interesses pessoais, já que não contribuiu parta o bem estar da população.

“São denúncias elaboradas de má-fé, tentando atingir a imagem do secretário, com graves consequências sobre a segurança e a saúde da população, em pleno enfrentamento à pandemia do novo coronavírus” apontou o presidente do Diretório Estadual do PSDB, o ex-senador Luiz Pontes.

André Fernandes acusou o secretário de Saúde de pressionar médicos para o fornecimento de atestados de óbitos falsos por coronavírus.

Esta é a segunda representação do PSDB-CE contra o deputado André Fernandes por quebra de decoro parlamentar. A primeira foi oficializada em junho de 2019, por denúncia que apontava envolvimento de parlamentares com facções criminosas no Estado. A ação vem tramitando desde então e está em sua fase final, com parecer do Conselho de Ética recomendando a suspensão do mandato parlamentar por 30 dias. Para ser concluído, no entanto, ainda precisa de passar por votação em Plenário.

“O que visamos, acima de tudo, é o respeito e proteção da população de receber informações verdadeiras, da imagem dos filiados do PSDB, médicos e mesmo da Instituição parlamentar”, disse Luiz Pontes.

(Foto: Arquivo / O POVO / Tatiana Fortes)

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais