clique para exibir bio do colunista

O jornalista Eliomar de Lima escreve sobre política, economia e assuntos cotidianos na coluna e no Blog que levam seu nome. Responsável por flashes diários na rádio O POVO/CBN e na CBN Cariri.

eliomar-de-lima • NOTÍCIA

Jogadores do Cruzeiro responsabilizam Ceni por abalo psicológico da equipe

Goleiro Fábio e zagueiro Dedé dizem em entrevistas que treinador combinava uma coisa com os atletas e fazia outra quando falava à imprensa Por

Os jogadores Fábio e Dedé apontaram nesta semana o treinador Rogério Ceni como responsável por abalar psicologicamente a equipe do Cruzeiro e chamaram o atual técnico do Fortaleza para uma parcela de culpa no rebaixamento inédito da equipe mineira à Série B. O goleiro e o zagueiro foram entrevistados pelo programa Bola da Vez, na ESPN Brasil, sendo que a participação de Dedé ainda será apresentada neste sábado (23), a partir das 22 horas.

Os dois atletas afirmaram que a chegada de Ceni à Toca da Raposa gerou uma grande expectativa no elenco, principalmente após a estreia com vitória por 2 a 0 sobre o poderoso Santos.

"A gente teve um jogo que acho que foi maravilhoso, era o jogo para a gente dar a arrancada", comentou Dedé.

O zagueiro, no entanto, disse que a frustração começou quando Ceni passou a achar que jogadores experientes não poderiam render dentro de um esquema tático que exigiria velocidade do time.

"Ele colocou na cabeça que não dava para jogar, por exemplo, Henrique e Arial, dois jogadores mais cadenciados. Jogador que estiver dando a resposta, tem que ter a chance”, avaliou Dedé.

Já o goleiro Fábio lamentou que Ceni combinava uma coisa com os atletas e fazia outra quando falava à imprensa.

O goleiro revelou que o treinador havia combinado que os problemas da equipe não seriam passado para a imprensa, mas, após a derrota para o Grêmio, por 4 a 1, "Rogério falou à imprensa, como se nós estivéssemos entregado o jogo".

“Tenho certeza que o Rogério vai crescer muito no futebol analisando algumas situações que ele teve no Cruzeiro", torce Dedé.

O Blog não conseguiu contato com o treinador Rogério Ceni.

(Foto: Arquivo)

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais