Debates do Povo: Após unanimidade do STF por prisão do deputado do PSL Daniel Silveira, câmara articula acordo

Daniel é acusado por incentivar violência física para impedir o funcionamento dos poderes e por incitar animosidade entre as forças armadas e o STF. Em um vídeo que circulou na terça-feira, o deputado defendeu o AI-5, o ato mais autoritário da ditadura militar, que suspendia direitos dos cidadãos, e pediu a destituição imediata dos 11 ministros do Supremo, o que é inconstitucional. Ele é o mesmo que, em outubro de 2018, durante um ato público de campanha, destruiu uma placa em homenagem à vereadora Marielle Franco, que morreu assassinada em março daquele ano. O que você pensa sobre a prisão do deputado Bolsonarista? Vamos entender o caso? Ao debate!

Outras publicações

Logo O POVO Mais