Os resultados do levantamento do Anuário apontam que 75% das vítimas mortas violentamente eram negras. O levantamento também aponta o número de casos de estupros registrados: 25.984, dado que equivale em média três casos por hora. Quais são as razões para essa piora nos índices de violência no Brasil e no Ceará? Quais as soluções possíveis? Vamos debater!


Sobre o assunto, Marcos Tardin conversa com César Barreira, professor titular, coordenador sênior do laboratório de estudos da violência e diretor do colégio de estudos avançados da UFC, Silvia Ramos (CESEC), cientista social e coordenadora da rede de observatórios de segurança pública e Plínio Bortolotti, jornalista do O POVO.

Publicações anteriores

Logo O POVO Mais