No Dia da Árvore, a fumaça das queimadas na Amazônia e no Pantanal se estende por mais de 4 mil km e cobre parte dos países vizinhos. Presidente Jair Bolsonaro abrirá amanhã Assembleia da ONU e, no discurso gravado, deve defender a política ambiental do Brasil, que tem sido criticada pela comunidade internacional. Essa defesa faz sentido? 

Apresentação Marcos Tardin. Participações de Fernando Castelo Branco e Maia Filho.

Publicações anteriores

Logo O POVO Mais