Ao menos 25 transexuais e travestis foram eleitos vereadores em todas as regiões do país. Em Curitiba, Joinville e Cuiabá, a população elegeu pela primeira vez mulheres negras como vereadoras. O resultado serão câmaras municipais mais progressistas em conflito com gestores mais conservadores? Por que é mais fácil criticar as chamadas pautas identitárias quando se é homem, branco e está no topo da hierarquia social?

Publicações anteriores

ELEIÇÕES 2020: Cobertura Exclusiva

Qual é a boa?
Logo O POVO Mais