Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

esportes
Opinião

Sem perda de tempo, Ceará se reforça em contratados e renovados para 2021

Vina cumprimenta Robinson de Castro após anúncio da renovação
Vina cumprimenta Robinson de Castro após anúncio da renovação

.SACRAMENTADA a renovação de Vina, maior salário do futebol nordestino, e referência maior do Ceará neste Brasileirão, Alvinegro não perdeu mais tempo.

.ESTENDEU o contrato do técnico Guto Ferreira até o final da temporada, dando-lhe 50% por cento de aumento, além de renovar contrato de jogadores estilo operário — Fernando Sobral e Fabinho — com bom percentual de aumento.

.TRATOU imediatamente de dar licença até o final do mês à dupla, mais Luiz Otávio, os que mais atuaram na atual campanha.

.ASSIM fará com outros que estão em final de temporada. Como o descanso é mínimo do fim da Série A para a Copa do Nordeste, o jeito é apelar pro recurso do revezamento. Certo ou errado? Absolutamente certo.

FILA DO SINE

.JOGADORES que não mais interessam serão devolvidos, já chegam quase a casa dos dez. No rol, Lima e Léo Chu, joia do Grêmio, que o Alvinegro deixou na boca do forno.

.QUANTO a Lima, Alvinegro tentará novo empréstimo. Guto recuperou seu bom futebol, escalando-o na posição onde ele sabe jogar, rende mais, meia entrando pela esquerda.

.ALIÁS, esta tática é infalível. Moésio Gomes fazia isso há 50 anos. Chamava o jogador, perguntando-lhe onde gostava de atuar.

.QUANDO revelava, ele o escalava ali cinco vezes. Se não desse no couro, voltava pra reserva.

.PEDRO Basílio foi um desses casos. Gostava de ser lateral-direito e Moésio o escalou ali.

.TRÊS partidas, chamou Louro, que era reserva e fê-lo lateral. Mandou Basílio jogar como zagueiro central. Aí funciona o olho clínico do técnico.

.NÃO deu outra. Basílio foi o maior zagueiro que o Tricolor teve em todos os tempos, formando com Artur, do Ceará, uma dupla perfeita quando atuaram juntos no Alvinegro.

AFINANDO OS TAMBORINS

.FORTALEZA entra na reta final do chamado "salve-se quem puder" da Série A, isto é, lutando pra não ser rebaixado.

.SUA posição é cômoda, Se vencer o Bahia, estará a salvo.

.O QUE atrapalha os planos tricolores é que o Bahia também quer esta vaga. Daí ter oferecido um bicho molhado de R$ 3 milhões em caso de vitória.

.IMITA o Ceará, que lançou a moda do bicho molhado quando uma partida requer mais importância do que as outras, caso do Flamengo, em pleno Maracanã.

PORTA DE TRAVESSA

.FÁCIL deduzir que o Fortaleza só depende dele, mas, por porta de travessa, depende também da tal combinação de resultado, isto é, se perder. Espera-se que não chegue a tanto.

.NO páreo, além dos dois tricolores, correm por fora Sport e Vasco. Até Goiás ainda sonha em se salvar.

.QUER dizer, mortalha cortada só de dois — Coritiba e Botafogo. Para quem ficará as últimas? Fortes emoções à vista.

HISTORINHAS

.MAIOR amigo de Lula Pereira, que faleceu recentemente, o comentarista Wilton Bezerra, também ótimo contador de causos, lembrou duas historinhas.

.PRIMEIRA. Quando era auxiliar de Lucídio Pontes, no Ferroviário, saiu do banco, passou um recado para o treinador à beira do gramado — "Lucídio, a torcida está pedindo em coro pra você colocar jogador tal."

.PRONTA resposta de Lucídio — "Só coloco se a torcida disser no lugar de quem". Papo encerrado.

TANGENDO PORCOS

.SEGUNDA. Lula era técnico das bases do Ceará, guindado ao time titular, levou consigo a garotada.

.ENTRE outros — Ivanildo, Claudemir, Ivanhoé, Roberto Carlos, Côca, Da Silva, Jean. Jogava por telepatia.

.FOI então que fiz (ele, Wilton) um comentário que provocava risos do Lula -"Tanger porco é tarefa mais fácil do que marcar esses meninos do Lula".

.ERA real. A garotada jogava em velocidade, marcava o tempo todo, contra-atacava com rapidez, dificilmente errava passes, dava uma canseira danada no adversário".

O TEMPO PASSA...

.NINGUÉM percebeu. Tempo propício pra queda de tabus, foi a vez de o Fluminense chutar pra longe um que estava engasgado.

.HÁ precisamente 15 anos não vencia o Ceará no Castelão. Garotada do Xerém ainda dava os primeiros passos na vida. Não tomou conhecimento, sequer sabia o que era tabu, enfiou 3 a 1, sem dó, nem piedade.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais