Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

esportes
Opinião

Lockdown: quando não há outra solução

QUANDO NÃO HÁ OUTRA SOLUÇÃO
1. BASTIDORES de uma sábia decisão. Negacionistas, cúmplices da tragédia da Covid, que já matou mais de 260 mil pessoas no Brasil, voltaram a espernear contra a correta decisão de novo lockdown em Fortaleza entre os dias 5 e 18 de março. Anúncio feito após tantas reuniões, amplamente discutidas pelo critérios produzidos pelo dr. Cabeto.
2. TEM sido assim desde o começo da pandemia, sem tempo para descanso. A questão era fechar tudo por duas semanas para tentar salvar vidas, ou deixar a economia solta a com ameaça de colapso do sistema, além do aumento descontrolado de mortes. Pesou a defesa da vida. Camilo, um líder nato, mostrou mais um vez vez força e coragem.
3. ALIÁS, esta decisão já vinha sendo tomada sem pressa, embora os sinais tenham sido emitidos, anunciados aqui, por antecipação. Só não entendeu os avisos quem mesmo não quis. Até nisso Camilo foi cauteloso e habilidoso para evitar surpresas desagradáveis. Quando não há outra solução, o jeito é caminhar pelo caminho que já está asfaltado.
DO PESCOÇO PRA BAIXO...
RECUO do prefeito Sarto, no projeto da Previdência, que tanto barulho causou, mandando retirá-lo de pauta, foi péssimo para os vereadores que compraram a briga por ele e tiveram seus nomes expostos em outdoor, até mesmo em carros de som nos bairros de trabalho do qual cada um votou no primeiro turno.
BOMBARDEIRO persistiu por muitos dias até que viesse a trégua momentânea enquanto não avança o debate na Câmara, onde vale tudo. Do pescoço pra baixo, tudo é canela.
PERNAS para o ar. Quem há se rejeitar? Que o digam os inquilinos da AL que ganharam 15 dias de folga, proibidos até mesmo de passarem em frente a calçada.
DEPUTADO Domingos Neto, pra cima e pra baixo em reta final pra agregar mais uma Prefeitura ao seu harém. Trata-se de Icapuí. Qual o atrativo para troca de partido? Só pode ser a a manta de carneiro que Dominguinho carrega na caçamba da camioneta pra cima e pra baixo.
ENQUANTO o presidente Bolsonaro circula pelo Brasil, desafiando o vírus, Camilo Santana faz exatamente inverso. Na sua luta incansável contra o Covid, inaugura leitos de UTI, inclusive de crianças. Não esqueceu nem mesmo o do Sopai, cuja ala recebeu o nome de Carlos Marcelo Martins Rodrigues, pai do Dr. Cabeto.
CLIMA DE INVERNO
 GIGANTESCA reforma dos anos 90  do IJF esqueceu boa área do lado da Senador Pompeu, cujo calor exigia dos pacientes esforço para suportar com ventiladores, leques e até revistas. Estilo discreto e atuante da superintendente, dra. Riane Azevedo, climatizou, há um semana, 60% dessa crítica ala  com o apoio do prefeito Sarto. Concluirá o restante dentro de algumas semanas. Fez o que nenhum outro gestor ousou. Detalhe: Sarto manteve a mesma equipe, daí a alegria maior dos pacientes e gestores.
BOCA  PRA FORA
 - QUER dizer então que os tucanos são antibolsonaristas? Bazófia. No pelotão de recepção ao presidente em Tianguá, lá estava na primeira fila, Raimundo Gomes de Matos, até outro dia Tasso até a medula. Sorridente e distribuindo afagos. Sabem aquela história de CPI da Covid, patrocinada pelo senador Tasso? Vai entrar num ouvido e sair no outro.
VAI - VEM
ANO termina, ano começa, e Mauro Filho nesse vai-vem, lá e cá sem sair do lugar. Ou seja - nem secretário e deputado faz de conta.
SEM SAIR DO LUGAR
 Salmito Filho, que foi ótimo vereador, presidindo por dois anos a CMF, foi ratificado como reitor da Universidade do Parlamento. Se mal pergunto, que fez mesmo um reitor desta universidade?
HERANÇA  MALDITA
ERREI, sim. Ex-prefeito RC deixou como herança maldita para Sarto concluir mais de 600 obras. Se Sarto tem parado pra contar antes, jamais entraria em tamanha fria.  Quando vai concluí-las? Dia de São Nunca de tarde..
BOCA DE FORNO
.HAPVIDA, o maior plano de Saúde do Ceará, renova por mais dois anos o rodapé da coluna mais acessada aos domingos, liderança que desafia o tempo. Viva!
.E A BEIRA-Mar, hein!? Depois daquela chuva caudalosa, virou concorrente à altura do Oceano Atlântico. Se mal pergunto, prenúncio de mais chuvas? Aguardem abril de chuvas mil.
.DUAS, uma. Próxima encarnação que quero nascer dono de farmácia ou dono de supermercados. A pandemia atinge todos os segmentos, menos farmácias e supermercados que passam ilesos, sem dar satisfação a ninguém. Nem ao Papa, nem o arcebispo, muito menos ao sacristão.
.PAR ou ímpar? Diante do enxame de vacina, afinal, em qual delas acreditar? Carta pro dr. Cabeto...
QUANDO NÃO HÁ OUTRA SOLUÇÃO 1. BASTIDORES de uma sábia decisão. Negacionistas, cúmplices da tragédia da Covid, que já matou mais de 260 mil pessoas no Brasil, voltaram a espernear contra a correta decisão de novo lockdown em Fortaleza entre os dias 5 e 18 de março. Anúncio feito após tantas reuniões, amplamente discutidas pelo critérios produzidos pelo dr. Cabeto. 2. TEM sido assim desde o começo da pandemia, sem tempo para descanso. A questão era fechar tudo por duas semanas para tentar salvar vidas, ou deixar a economia solta a com ameaça de colapso do sistema, além do aumento descontrolado de mortes. Pesou a defesa da vida. Camilo, um líder nato, mostrou mais um vez vez força e coragem. 3. ALIÁS, esta decisão já vinha sendo tomada sem pressa, embora os sinais tenham sido emitidos, anunciados aqui, por antecipação. Só não entendeu os avisos quem mesmo não quis. Até nisso Camilo foi cauteloso e habilidoso para evitar surpresas desagradáveis. Quando não há outra solução, o jeito é caminhar pelo caminho que já está asfaltado. DO PESCOÇO PRA BAIXO... RECUO do prefeito Sarto, no projeto da Previdência, que tanto barulho causou, mandando retirá-lo de pauta, foi péssimo para os vereadores que compraram a briga por ele e tiveram seus nomes expostos em outdoor, até mesmo em carros de som nos bairros de trabalho do qual cada um votou no primeiro turno. BOMBARDEIRO persistiu por muitos dias até que viesse a trégua momentânea enquanto não avança o debate na Câmara, onde vale tudo. Do pescoço pra baixo, tudo é canela. PERNAS para o ar. Quem há se rejeitar? Que o digam os inquilinos da AL que ganharam 15 dias de folga, proibidos até mesmo de passarem em frente a calçada. DEPUTADO Domingos Neto, pra cima e pra baixo em reta final pra agregar mais uma Prefeitura ao seu harém. Trata-se de Icapuí. Qual o atrativo para troca de partido? Só pode ser a a manta de carneiro que Dominguinho carrega na caçamba da camioneta pra cima e pra baixo. ENQUANTO o presidente Bolsonaro circula pelo Brasil, desafiando o vírus, Camilo Santana faz exatamente inverso. Na sua luta incansável contra o Covid, inaugura leitos de UTI, inclusive de crianças. Não esqueceu nem mesmo o do Sopai, cuja ala recebeu o nome de Carlos Marcelo Martins Rodrigues, pai do Dr. Cabeto. CLIMA DE INVERNO GIGANTESCA reforma dos anos 90 do IJF esqueceu boa área do lado da Senador Pompeu, cujo calor exigia dos pacientes esforço para suportar com ventiladores, leques e até revistas. Estilo discreto e atuante da superintendente, dra. Riane Azevedo, climatizou, há um semana, 60% dessa crítica ala com o apoio do prefeito Sarto. Concluirá o restante dentro de algumas semanas. Fez o que nenhum outro gestor ousou. Detalhe: Sarto manteve a mesma equipe, daí a alegria maior dos pacientes e gestores. BOCA PRA FORA - QUER dizer então que os tucanos são antibolsonaristas? Bazófia. No pelotão de recepção ao presidente em Tianguá, lá estava na primeira fila, Raimundo Gomes de Matos, até outro dia Tasso até a medula. Sorridente e distribuindo afagos. Sabem aquela história de CPI da Covid, patrocinada pelo senador Tasso? Vai entrar num ouvido e sair no outro. VAI - VEM ANO termina, ano começa, e Mauro Filho nesse vai-vem, lá e cá sem sair do lugar. Ou seja - nem secretário e deputado faz de conta. SEM SAIR DO LUGAR Salmito Filho, que foi ótimo vereador, presidindo por dois anos a CMF, foi ratificado como reitor da Universidade do Parlamento. Se mal pergunto, que fez mesmo um reitor desta universidade? HERANÇA MALDITA ERREI, sim. Ex-prefeito RC deixou como herança maldita para Sarto concluir mais de 600 obras. Se Sarto tem parado pra contar antes, jamais entraria em tamanha fria. Quando vai concluí-las? Dia de São Nunca de tarde.. BOCA DE FORNO .HAPVIDA, o maior plano de Saúde do Ceará, renova por mais dois anos o rodapé da coluna mais acessada aos domingos, liderança que desafia o tempo. Viva! .E A BEIRA-Mar, hein!? Depois daquela chuva caudalosa, virou concorrente à altura do Oceano Atlântico. Se mal pergunto, prenúncio de mais chuvas? Aguardem abril de chuvas mil. .DUAS, uma. Próxima encarnação que quero nascer dono de farmácia ou dono de supermercados. A pandemia atinge todos os segmentos, menos farmácias e supermercados que passam ilesos, sem dar satisfação a ninguém. Nem ao Papa, nem o arcebispo, muito menos ao sacristão. .PAR ou ímpar? Diante do enxame de vacina, afinal, em qual delas acreditar? Carta pro dr. Cabeto...

1. BASTIDORES de uma sábia decisão. Negacionistas, cúmplices da tragédia da Covid, que já matou mais de 260 mil pessoas no Brasil, voltaram a espernear contra a correta decisão de novo lockdown em Fortaleza entre os dias 5 e 18 de março. Anúncio feito após tantas reuniões, amplamente discutidas pelo critérios produzidos pelo dr. Cabeto.

2. TEM sido assim desde o começo da pandemia, sem tempo para descanso. A questão era fechar tudo por duas semanas para tentar salvar vidas, ou deixar a economia solta a com ameaça de colapso do sistema, além do aumento descontrolado de mortes. Pesou a defesa da vida. Camilo, um líder nato, mostrou mais um vez vez força e coragem.

3. ALIÁS, esta decisão já vinha sendo tomada sem pressa, embora os sinais tenham sido emitidos, anunciados aqui, por antecipação. Só não entendeu os avisos quem mesmo não quis. Até nisso Camilo foi cauteloso e habilidoso para evitar surpresas desagradáveis. Quando não há outra solução, o jeito é caminhar pelo caminho que já está asfaltado.

DO PESCOÇO PRA BAIXO...

RECUO do prefeito Sarto, no projeto da Previdência, que tanto barulho causou, mandando retirá-lo de pauta, foi péssimo para os vereadores que compraram a briga por ele e tiveram seus nomes expostos em outdoor, até mesmo em carros de som nos bairros de trabalho do qual cada um votou no primeiro turno.

BOMBARDEIRO persistiu por muitos dias até que viesse a trégua momentânea enquanto não avança o debate na Câmara, onde vale tudo. Do pescoço pra baixo, tudo é canela.

PERNAS para o ar. Quem há de rejeitar? Que o digam os inquilinos da AL que ganharam 15 dias de folga, proibidos até mesmo de passarem em frente a calçada.

DEPUTADO Domingos Neto, pra cima e pra baixo em reta final pra agregar mais uma Prefeitura ao seu harém. Trata-se de Icapuí. Qual o atrativo para troca de partido? Só pode ser a a manta de carneiro que Dominguinho carrega na caçamba da camioneta pra cima e pra baixo.

CLIMA DE INVERNO

GIGANTESCA reforma dos anos 90 do IJF esqueceu boa área do lado da Senador Pompeu, cujo calor exigia dos pacientes esforço para suportar com ventiladores, leques e até revistas. Estilo discreto e atuante da superintendente, dra. Riane Azevedo, climatizou, há um semana, 60% dessa crítica ala com o apoio do prefeito Sarto. Concluirá o restante dentro de algumas semanas. Fez o que nenhum outro gestor ousou. Detalhe: Sarto manteve a mesma equipe, daí a alegria maior dos pacientes e gestores.

BOCA PRA FORA

QUER dizer então que os tucanos são antibolsonaristas? Bazófia. No pelotão de recepção ao presidente em Tianguá, lá estava na primeira fila, Raimundo Gomes de Matos, até outro dia Tasso até a medula. Sorridente e distribuindo afagos. Sabem aquela história de CPI da Covid, patrocinada pelo senador Tasso? Vai entrar num ouvido e sair no outro.

VAI-VEM

ANO termina, ano começa, e Mauro Filho nesse vai-vem, lá e cá sem sair do lugar. Ou seja - nem secretário e deputado faz de conta.

SEM SAIR DO LUGAR

Salmito Filho, que foi ótimo vereador, presidindo por dois anos a CMF, foi ratificado como reitor da Universidade do Parlamento. Se mal pergunto, que fez mesmo um reitor desta universidade?

HERANÇA MALDITA

ERREI, sim. Ex-prefeito RC deixou como herança maldita para Sarto concluir mais de 600 obras. Se Sarto tem parado pra contar antes, jamais entraria em tamanha fria. Quando vai concluí-las? Dia de São Nunca de tarde..

BOCA DE FORNO

.HAPVIDA, o maior plano de Saúde do Ceará, renova por mais dois anos o rodapé da coluna mais acessada aos domingos, liderança que desafia o tempo. Viva!

.E A BEIRA-Mar, hein!? Depois daquela chuva caudalosa, virou concorrente à altura do Oceano Atlântico. Se mal pergunto, prenúncio de mais chuvas? Aguardem abril de chuvas mil.

.DUAS, uma. Próxima encarnação que quero nascer dono de farmácia ou dono de supermercados. A pandemia atinge todos os segmentos, menos farmácias e supermercados que passam ilesos, sem dar satisfação a ninguém. Nem ao Papa, nem o arcebispo, muito menos ao sacristão.

.PAR ou ímpar? Diante do enxame de vacina, afinal, em qual delas acreditar? Carta pro dr. Cabeto...

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais