Foto de Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

Alan Neto esportes

No Ceará, página virada

O técnico Guto Ferreira, maior responsável pela perda das três decisões seguidas, permanece no cargo
Tipo Opinião
GUTO Ferreira, técnico do Ceará, está pressionado. O Alvinegro 
não vence há cinco jogos  (Foto: Aurelio Alves)
Foto: Aurelio Alves GUTO Ferreira, técnico do Ceará, está pressionado. O Alvinegro não vence há cinco jogos

.CEARÁ despejado da Sul-Americana pelo lanterna do seu grupo, de forma vergonhosa, o técnico Guto Ferreira, maior responsável pela perda das três decisões seguidas, permanece no cargo, passou ileso como se nada tivesse acontecido. Já não se fazem diretorias como antigamente.

.VIDA que segue, Sul-Americana é página virada para o fracasso Alvinegro, que se prepara, ao lado do rival Fortaleza, para entrar na dança do Campeonato Brasileiro, o Brasileirão tão aguardado, a partir deste final de semana.

.LEMBRETE. Os dois voltarão a se enfrentar pela Copa do Brasil, no meio da semana, que salta de paraquedas atrapalhando o andamento da competição mais séria - pelo menos é o que faz crer - do futebol brasileiro. Conta e risco de uma calendário quasímodo preparado pela própria CBF. Devia pedir emprestada a cartilha do futebol europeu.

CANO LONGO

. BRASILEIRÃO, todos conhecem sua fórmula que não é mexida desde as origens, embora devesse ter uma virada em cada turno, começando tudo do zero. Mas deixa pra lá, a caneta não é minha, cumpra-se, pois, o que está escrito.

.TRATA-SE de uma competição de cano longo, quer dizer pontos corridos, o que mais pontuar leva a taça e uma boa bolada em dinheiro. Espécie de maratona do atletismo. Os favoritos são os de sempre, forças maiores do futebol. Os demais ficam tateando, ali pelo meio, pra conseguir, ao menos uma vaga na Sul-Americana, enquanto outros vão descendo a ladeira, esperneiam para não entrar no rol dos quatro últimos colocados, despejados da competição.

.É INTERESSANTE, sim, mas até certo ponto. Lá para as tantas quando os que começam a disparar na frente dos demais, o Brasileirão começa a perder a graça, resvalando para desinteresse. Daí defender a tese de dois turnos distintos, no segundo, todos começando do zero. Mas fica complicada a conta para o rebaixamento, para os que irão pra Libertadores e outras mais. A Sul-Americana entra aí qual uma Segunda Divisão.

SEM EMOÇÃO

.CHARME do Brasileirão reside, contudo, no fato de que a contagem de pontos ganhos e perdidos vale para todos os competidores e como atrativo para os torcedores que verão em ação, aqui, os grandes clubes do futebol brasileiro. Mas não haverá público no Castelão, cara-pálida, nem se sabe quando a pandemia passará? As almas se fartarão. Fica combinado assim porque torcer pela televisão não há qualquer emoção, até dá sono.

DENTRO & FORA

.FORTALEZA e Ceará estrearão, de cara, pegando duas pedreiras. Tricolor amanhã 11 da manhã, contra o Atlético Mineiro, no Mineirão. Ceará enfrentará domingo, aqui, 16 horas, o Grêmio de Porto Alegre, que vem de passar por total reformulação, após a saída do Renato Gaúcho.

.CONVÉM lembrar que Fortaleza e Ceará lutarão em duas frentes. A principal: não serem rebaixados de volta a Série B. Deus os livre. Depois e o principal, tentarem conseguir uma vaga na Sul-Americana onde se ganha em dólar. Os dois rivais já tiveram essa experiência nos dois últimos anos. Sonhar em chegar ao pódio, torna-se impossível.

. POR se tratar de uma competição política, a CBF tenta agradar todas federações, seus redutos eleitorais, através dos quais o presidente que estiver no cargo da CBF se eterniza no trono, por anos e anos. Daí a criação de outras divisões, tais Série B, C e até a D. Não demora e chegará a F. Não se surpreendam.

GEOGRAFIA MASSACRANTE

. O QUE esperar de Ceará e Fortaleza é exercício de futurologia. Que se saiam bem, que não sejam rebaixados, que tentem conseguir uma vaga na Sul-Americana já se darão por satisfeitos. Nosso futebol, demorará anos, talvez séculos, pra sair desse estágio. A geografia é massacrante. Contando não decepcionem, já estará de bom tamanho.

BOCA DE FORNO

. PERDA para o Wilstermann fez o Ceará deixar de faturar mais 500 mil dólares, que reforçariam os já robustos cofres alvinegros. Robinson de Castro ficou amuado...

.INCRÍVEL. Ao invés de uma bronca geral no elenco, a partir do cartão vermelho ao Guto Ferreira, a diretoria do Ceará tratou logo de pagar, antes do fim do mês, a folha de maio. Só pra manter a fama de ser um dos raros clubes brasileiros a pagar rigorosamente em dia. Tem dirigente que é cego...

.OS atletas, claro, adoraram. O despejo da Sul-Americana não mexeu no bolso de ninguém. Que maravilha!...

.PARA chegar a Belo Horizonte o Fortaleza fez um tour de quase sete horas, com as conexões e a espera tortuosa para embarque em outro avião, até chegar ao destino...

.ESTA será a verdadeira prova de fogo para o técnico argentino Juan Pablo, pois a rigor o Campeonato Cearense, malgrado o tricampeonato, pouco serviu para avaliar suas verdadeiras qualidades como treinador... .

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais