Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

Alan Neto
esportes
NOTÍCIA

Brigas por liderança e rebaixamento neste início do Brasileirão ainda são miragens

Fortaleza, de Vojvoda, é vice-líder, o que pode significar tanto nada, quanto muito
Fortaleza, de Vojvoda, é vice-líder, o que pode significar tanto nada, quanto muito

.BRASILEIRÃO, ainda em suas fraldas, torna-se difícil, pra não dizer impossível, fazer previsões. Por enquanto são apenas miragens que não levam a nenhum lugar. Os grandes favoritos, ou pretensos, ainda tentam se alojar, buscando alçar voos mais altos. Certamente chegarão lá. Mas quem, a rigor, garante?

.NÃO há grandes surpresas, a não ser de clubes considerados médios que assumiram o pódio da Série A, incluindo-se aí o Fortaleza. Pode ser fogo de palha? Tanto pode, quanto não. Terão fôlego pra aguentar o rojão desta maratona que irá até o final do ano?

.SÃO interrogações que, por enquanto, zanzam, sem definições, cada qual procurando um lugar ao sol. Diferente de competições anteriores onde os chamados grandes favoritos partiam na frente, para surpresa geral, por enquanto, não é o que vem acontecendo. Tudo pode mudar, assim como não.

.TOME-SE como exemplo os dois empates ocorridos no final de semana com os clubes cearenses. O Ceará foi ao Beira-Rio, arrancou um empate (1 a 1) com o Internacional, embora merecesse até vencer. Cabe a pergunta ingênua — foi o clube gaúcho que piorou ainda mais ou o Ceará que teve uma súbita melhora?

.HIPÓTESE de que o Colorado anda cambaleante é mais válida. Ele vem ruim das pernas desde o inicio do Brasileirão, quando chegou até mesmo a perder de goleada aqui dentro para o Fortaleza. Não por acaso, às pressas a diretoria gaúcha resolveu arregaçar as mangas trocando de treinador como primeira medida. Apelou para o Diego Aguirre, figura batida de tantos carnavais no futebol sul-americano.

.NÃO tira o mérito da boa atuação do Ceará, nem tanto assim de encher os olhos. Se fosse mais ousado, o que jamais conseguirá sê-lo com o Guto Ferreira, teria vencido o jogo. E o que ele fez pra melhorar a produção da equipe, assim num piscar de olhos? Explorou a má fase do Inter para se impor nas quatro linhas. Não foi bem o Alvinegro que melhorou. Foi o Internacional que não saiu do lugar.

.AQUI dentro, o Fortaleza teve pela frente um Fluminense passando por algumas transformações, mas não conseguiu dobrá-lo. Empate de 1 a 1 revela o equilíbrio das duas equipes em campo. A decantada intensidade tricolor pode ter ficado para a próxima vez. O Flu não passa de uma equipe apenas regular. Tanto que seus grandes nomes continuam sendo o veterano Fred e o meia Nenê, este sim, de bola redonda. Como joga fácil, com toques rápidos e precisos.

VENCENDO ETAPAS

.COMO está, ainda, na quinta rodada, o Brasileirão percorreu entre 10 a 15% da sua trajetória. Dos 38 jogos, entre a ida e a volta, faltam 33 rodadas, tempo bastante longo. Até lá ocorrerão reviravoltas, surpresas, decepções. Fazem parte do cardápio. As etapas serão vencidas a cada semana, com enxurrada de jogos, em horários os mais diferenciados.

PRIMEIRO ACENO

.TÉCNICO argentino, Juan Pablo não tem do que se queixar. Há 12 jogos invicto, já deu ao Fortaleza uma nova feição. Era dessa injeção de ânimo que sua torcida precisava para se motivar.

.SEU mérito maior foi rearrumar uma casa que estava destrambelhada. Não deve ter sido tarefa fácil, com o mérito de usar o mesmo elenco que encontrou desde a saída do último treinador.

UNHAS DE FORA

.TEM todo o direito de começar a botar as unhas de fora, pedir o primeiro reforço que virá da sua terra, de nome Valentín. Atua pelas extremas, pinçada das divisões inferiores, o que não invalida a preferência. À diretoria resta confiar no seu aval. Vai atendê-lo, claro.

DESOVA

.ENQUANTO busca reforços, especialmente um camisa 9, pois fracassou nas três tentativas, o Ceará começará a desovar seu elenco.

.VIZEU é o primeiro da fila, de malas prontas pra retornar à Itália. Facilita o fato de seu contrato terminar agora no final do mês. Foi a mais desastrada contratação do Ceará na temporada. Intenção do Ceará pode até ter sido boa na teoria. Na prática, o fracasso foi total.

BOCA DE FORNO

(1) - VINA, outra vez no banco alvinegro, pra dar vez a Jorginho. O progresso foi mínimo. Vina até tentou mudar o visual, mas a forma de jogar continua a mesma. Não parece ter funcionado o castigo no rol dos reservas.

(2) - NOVIDADE. Apareceu o primeiro árbitro barbudo no futebol brasileiro. Chama-se Flávio Rodrigues de Sousa, da Fifa, São Paulo. O que antes era proibido, agora, pelo visto, com a chegada do VAR vale tudo. Mas aqui pra nós - que diferença faz um árbitro usar barba ou não?

(3) - PARA quem coleciona curiosidades. Fortaleza está invicto há precisamente 21 jogos. Se a memória não me trair, poucos (ou nenhum) neste Brasileirão conseguiram, até agora, este feito.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais