Foto de Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

Alan Neto esportes

Quem é quem? Ceará se prepara para mergulhar no mercado da bola

Tipo Opinião

- ATACANTE que o Ceará está querendo para ocupar
o posto deixado por Saulo Mineiro responde pelo nome
de Everaldo.

- VEM a ser aquele mesmo que despontou na Chapecoense, fazendo gol de todo jeito. Não confundir com o que passou pelo Corinthians, hoje no Sport.

- NÃO conseguiu emplacar em grande do Brasil, zarpou para o Japão. Pois é ele que o Ceará está querendo, apesar do segredo de sete chaves do presidente Robinson de Castro.

- CONHECER a posição, Everaldo conhece-a, mas não é tudo. Os outros que vieram não acertaram, especialmente Jael, o mais rodado de todos, até agora, um fiasco. Um mísero gol de falta, que nem dele foi, pois desviado por um zagueiro do Bahia.

- EXCEÇÃO da regra acabou sendo o menos cotado, mesmo porque Cléber ainda não saiu do Barbalha, caso do Saulo Mineiro negociado para o futebol asiático.

- QUANTO o Ceará pagará por Everaldo não se sabe, nem vem ao caso. Diretoria quer alguém que conheça a posição, tenha atuado ali e saiba balançar as redes.

- ELE tem todos esses predicados, se vai acertar ou não é uma questão de pagar pra ver. Quanto? Nem numa masmorra medieval Robinson de Castro revela detalhes da negociação.

O ELEFANTE E O MOSQUITO

- MOTIVO? Simples desvendar. O Fortaleza também está de olho num camisa 9 e Everaldo pode estar na mira. Para evitar rasteiras, por enquanto, preferível não abrir o bico.

- ENFIM, em boca fechada, não entre mosquito, nem sai elefante, como ensina a sabedoria mineira.

CIRANDA DE OBVIEDADES

- ALIÁS, Robinson de Castro, saiu da toca, para, finalmente, dar coletiva à imprensa esportiva, demandando mais de uma hora, com tempo livre para todos.

- A RIGOR, pouca coisa acrescentou daquilo que já se sabe e recolheu a língua naquilo que todos queriam saber, repetindo sempre que o segredo é a alma do negócio. Minha bisavó também dizia.

- FOI mais uma ciranda de obviedades do que propriamente coletiva onde pudesse revelar algo inédito, bem ao gosto de torcedor que adora, a palavra contratação.

- NA fieira do que disse, a venda de Charles, ao futebol da Dinamarca, onde faturou para os cofres alvinegros uma boa grana algo em torno de R$ 2 milhões para um volante, posição em que o Alvinegro tem aos montes, entre 7 ou 8.

- CHARLES não fará falta. Primeiro por não ser craque. Melhor que ele tem o Sobral e o Naressi.

- OUTRA confirmação que a imprensa tinha badalado antes, quer dizer, a negociação de Saulo Mineiro para o exterior.

- NÃO disse o rumo, supondo-se o Japão que faz mil exigências a partir das vacinas, somando-se ao atestado de que não ter mais nada no coração, após a cirurgia realizada por especialistas cearenses. Mas exigiu atestado, para se garantir. Japonês, não dá murro em ponta de faca em se tratando de negócio.

- NESTA transição, o Ceará vai faturar por volta de R$ 7 milhões engordando ainda mais seus cofres. Neste tocante o presidente alvinegro é craque.

E O VINA?

- DEIXOU no ar a (quase) certeza de que, depois desses dois, o Ceará não negociará mais ninguém. Desconfiem muito da palavra de cartola.

- ALGUÉM se atreveu perguntar se o Vina ficaria. Robinson botou o pé no freio, naquela de que ainda acredita muito que vai recuperar seu bom futebol. Pode até, mas está é demorando.

- DEIXOU claro que cada jogador tem uma multa contratual estabelecida. Traduzindo: se aparecer alguém interessado em pagar esta multa pra levar o Vina, liberado no ato. Logo, sem essa de jogador imprescindível, inegociável e patrimônio do clube. Coisas que o vento levou...

A MARATONA

- NESTE final de semana o Fortaleza recebe no Castelão o Corinthians, cuja campanha é irregular, enquanto o Tricolor vai muito bem, obrigado.

- PEQUENO exemplo. Emplacou 15 jogos no Castelão e só teve uma derrota, diante do Santa Cruz. Quem dela ainda se lembra?

- CEARÁ mandou-se para Cuiabá. Terá pela frente um dos fonas do Brasileirão. Tão longe a distância que a delegação alvinegra pernoitou no Rio pra seguir viagem hoje.

- QUEM estiver esperando mudanças radicais na forma de o Alvinegro jogar, com Guto no comando, favor tirar o cavalo da chuva...

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais