Foto de Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

Alan Neto esportes

Descaminhos do Brasileirão seguem se cruzando neste fim de semana

No domingo, Fortaleza recebe o Bragantino. Pouco depois, o Ceará encara o Sport lá na Ilha do Retiro
Tipo Opinião

- DOIS jogos no final de semana. Todos, porém, amanhã, um mais cedo (Fortaleza x Bragantino), 16 horas, no Castelão, e o outro mais tarde, duas horas depois, na Ilha do Retiro, Sport x Ceará. Qual dos dois é o mais ou menos importantes? Os dois o são.

- FORTALEZA, por exemplo, pega adversário mais forte, caso do Bragantino, com a vantagem de jogar no Castelâo que, sem público, pouco terá de serventia. Sim, porque estádio vazio a vantagem é quase nenhuma. Castelão com gramado em petição de quase miséria por conta dos tantos jogos seguidos ali realizados.

- BRAGANTINO estranhará? Nem tanto. Jogou em estádios piores e gramados também, o seu por exemplo, em Bragança Paulista. Ademais, quando um clube entra numa competição, qual o Brasileirão, deve estar preparado pra tudo.

- TIME por time, os dois estão quase parelhas. Fortaleza leva vantagem de estar no pódio, isto é, terceiro lugar, enquanto o Bragantino um pouco abaixo, em quarto. Este Brasileirão é um tobogã nesta parafernália de sobe-desce ou vice-versa.

- SE o Tricolor está bem treinado por Vojvoda, o Bragantino não lhe fica assim tanto atrás, ou na frente, vá lá que seja. Sem presença de público, já disse mil vezes, os estádios viram monumentais cemitérios.

- PORÉM, será um bom jogo de se ver, ou então, pra castigo de todos, uma monumental pelada. Deus que nos livre. São dois bons times e bem treinados, isso já leva uma vantagem, mas há uma pergunta que provoca comichões.

- VAMOS a ela? Contra o Bragantino, o Juan Pablo mudará sua forma de jogar, com intensidade e objetividade? Evidente que não. O time já se acostumou com esse esquema, em que os laterais viram alas, e até o Tinga, bom lateral, foi transformado em terceiro zagueiro.

- REPAREM agora pra este detalhe importante. O Bragantino é o único — isto mesmo, o único — clube da Série A a se manter invicto, na frente de outras forças maiores, que perderam pontos incríveis. Fortaleza neste rol, embora no terceiro lugar, fustigando o pódio.

- NA teoria, então, o clube de interior paulista é melhor que o Fortaleza? Estamos diante de uma grande prova dos nove a ser tirada amanhã no Castelão. Bragantino não chegou a esta condição de único invicto por obra do acaso. Deve ter um bom time, e tem, na verdade, pois a maioria dos atletas já jogam juntos faz bom tempo. Menos mal que o melhor deles, o meia Claudinho, está nas Olimpíadas. Terá alguma influência? O bom jogador sempre faz.

- QUANTO ao Tricolor, tem uma equipe bem armada. Vojvoda, o argentino, trouxe sua cartilha, adaptou à equipe, mudou seu perfil de jogar, como num passe de mágica. Deu certo. Coisas do futebol. Até o David virou artilheiro, pelo fato de atuar na posição que gosta e sabe. Simples assim.

- O QUE atrapalha no futebol é chegar técnico que começa a inventar táticas, não dá certo, a equipe paga o pato. Não é o caso do argentino Juan Pablo. Tem segredo pra isso? Sabe-se lá. O futebol é tão cheio de tais coisas que, por vezes, é preferível não meter o bedelho. Deu certo, ótimo. Não deu, tenta se mudar. Pra que inventar?

- O QUE o Bragantino tem que os outros não têm, este mistério será desvendado amanhã. Como é uma equipe que vem atuando junta faz tempo, conseguiu o chamado entrosamento. Tem a seu favor um técnico que está lá faz bom tempo e isso acaba sendo fator preponderante ou fundamental, como queiram. Por obra do acaso é que não foi.

E O CEARÁ?

- NAQUELA de mais empatar e pouco vencer, o Ceará estará na Ilha do Retiro, às 20h30min, enfrentando o Sport. O clube pernambucano pena na zona de rebaixamento. O Alvinegro está em melhor posição.

- REFORÇOU-SE agora com três atletas, mas esqueceu de ir atrás de um lateral-direito e de um atacante de área. O trio que veio, nenhum tem este cacoete. Um é ponta, outro joga pelo meio, que o Alvinegro está a precisar, mas de lateral e atacante precisa muito mais. Teoricamente, o Ceará está melhor. O Sport não conseguiu acertar o passo e ano passado por pouco não foi rebaixado. Este ano segue a mesma sina. Que horror!

OS NÚMEROS

- ATENTEM, agora, pra este detalhe. Em 12 rodadas, o Fortaleza chegou aos 24 pontos, restando-lhe 26. Se vencer a metade dessas partidas, ou seja 13, faturará 39 pontos, totalizando 63. Aí chega à Libertadores. Se empatar 26 atinge os 50 pontos. Esta pontuação o levará de volta à Sul-Americana. São suposições, não esquecer.

- ENQUANTO o Ceará, mais embaixo, se conseguir vencer 13 partidas logrará 57 pontos, ou seja, Libertadores. Mas se empatar os 26 jogos, resultado que o Guto Ferreira adora, atingirá 44 pontos, que o fará no mínimo continuar na Série A.

- DETALHE pra ninguém esquecer. São meras suposições que em futebol não é pecado mortal, nem venial, contudo não tira pedaço de ninguém. Mas levará muita gente ao famoso muro de lamentações.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais