Foto de Carlos Mazza
clique para exibir bio do colunista

Colunista de política, o jornalista Carlos Mazza coordena o O POVO Dados, núcleo que trabalha com reportagens a partir de bancos de dados. Já foi repórter de Política e repórter especial do O POVO.

Carlos Mazza política

Médica, Dra Silvana critica multa por máscaras e diz tomar cloroquina preventivamente

A Assembleia discute projeto de lei que cria punições mais rigorosas pelo quem se recusar a usar máscaras anti contágio em ambientes públicos do Ceará
11-03-2016 - Silvana Oliveira, Deputada estadual do PMDB - Partido do Movimento Democrático Brasileiro. (Foto: Júnior Pio/Assembléia Legislativa) (Foto: Júnior Pio/Assembléia Legislativa)
Foto: Júnior Pio/Assembléia Legislativa 11-03-2016 - Silvana Oliveira, Deputada estadual do PMDB - Partido do Movimento Democrático Brasileiro. (Foto: Júnior Pio/Assembléia Legislativa)

A deputada Dra. Silvana (PL) criticou nesta quinta-feira, 6, projeto de lei que cria punições mais rigorosas para quem se recusar a usar máscaras anti contágio em ambientes públicos no Ceará. Apesar de defender o uso de máscaras em si, a parlamentar acusou a punição de R$ 100 prevista no projeto de ser “exagero” e de querer “criar uma nova indústria das multas”.

“Nós sabemos muito pouco ainda da doença para estar querendo arrecadar em cima de uma peste malvada como essa Covid, que já é tão ruim”, afirma. “Eu estou usando o reuquinol profilaticamente. Quero deixar claro que eu, a deputada Dra. Silvana, médica há 27 anos, quase 28 anos, estou fazendo uso da hidroxicloroquina profilaticamente, e acredito muito mais nisso do que obrigar uso de máscara”, continua.

O deputado Elmano de Freitas (PT) rebateu as críticas, destacando que a proposta segue recomendações de especialistas e da Organização Mundial de Saúde (OMS). Ele destaca que, ainda que não se tenha conhecimento pleno sobre o novo coronavírus, já há informação o suficiente para saber que o uso de máscaras evita a proliferação da doença.

O deputado Soldado Noélio (Pros) também criticou o projeto, destacando que já existe lei federal estabelecendo detenção e multa no mesmo sentido. O deputado Walter Cavalcante (PP), no entanto, rebate a afirmação, destacando que a legislação não especifica o valor das multas, e que a Assembleia busca apenas regulamentar a questão.

O projeto tem uma série de emendas propondo alterações no texto e segue em discussão na Assembleia na manhã desta quinta-feira.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais