Foto de Carlos Mazza
clique para exibir bio do colunista

Colunista de política, o jornalista Carlos Mazza coordena o O POVO Dados, núcleo que trabalha com reportagens a partir de bancos de dados. Já foi repórter de Política e repórter especial do O POVO.

Carlos Mazza política

De olho em 2022, PDT inicia reuniões com pré-candidatos

Encontro do PDT 
em Barbalha (Foto: Reprodução Facebook do deputado André Figueiredo)
Foto: Reprodução Facebook do deputado André Figueiredo Encontro do PDT em Barbalha

O PDT do Ceará parece já ter fechado lista com seus possíveis pré-candidatos para a sucessão de Camilo Santana (PT) no Governo do Estado. Neste fim de semana, a legenda iniciou no Cariri uma série de 12 encontros regionais que debaterão com aliados a candidatura própria do partido para 2022. Com encontros em Brejo Santo e Barbalha, pedetistas reuniram para o debate interno o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão; a vice-governadora Izolda Cela e o secretário Mauro Filho (Planejamento e Gestão).

Fechada mais de um ano antes das eleições, a lista não deixa de ser uma mudança radical na estratégia eleitoral do PDT no Ceará, tradicionalmente acostumado a deixar definições de chapas e candidaturas para os "45 do segundo tempo". A preço de hoje, parece praticamente selado que o candidato do bloco aliado do PDT e PT no Estado sairá de um dos quatro pedetistas presentes nos eventos. Internamente, a avaliação é de que a antecipação já é efeito de movimentações de opositores no Ceará, que já confirmaram há vários meses a entrada de Capitão Wagner (Pros) na disputa.

Segundo o presidente do PDT do Ceará, deputado federal André Figueiredo, os eventos ocorreram não só para debater a sucessão no Estado, mas também para discutir a conjuntura nacional do partido para 2022, com apresentação da pré-candidatura de Ciro Gomes (PDT) para a Presidência da República. "Colocamos muito forte essa candidatura do Ciro, mas também claramente que o PDT terá candidato ao governo do Estado", diz Figueiredo, destacando que o partido está "100% fechado" com Camilo Santana caso o governador decida deixar o cargo para disputar vaga ao Senado.

Agenda

Segundo André Figueiredo, o partido deverá realizar dez outros encontros do tipo nos próximos meses, como início da discussão da estratégia eleitoral do partido para 2022. Os eventos deste fim de semana contaram com a presença de diversos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e dirigentes partidários da região do Cariri. Chamou a atenção, no entanto, a ausência do senador Cid Gomes (PDT), hoje o principal articulador político do PDT no Ceará, no evento.

Outra ausência notada foi a do próprio Ciro Gomes, que estava de viagem a São Paulo para participar de atos pelo impeachment de Jair Bolsonaro marcados para este domingo. No evento cearense, cada um dos quatro pré-candidatos do PDT fez um longo discurso, com a maioria das falas tratando do atual momento de crise política do País. Hoje considerado o "candidato natural" do partido para a sucessão estadual, o ex-prefeito Roberto Cláudio destacou a importância do partido intensificar ações de militância política.

Semana da vida

SARTO se manifestou nas redes sociais após ser criticado por sanção da lei
SARTO se manifestou nas redes sociais após ser criticado por sanção da lei (Foto: JÚLIO CAESAR)

Causou grande repercussão, na semana passada, decisão do prefeito José Sarto (PDT) de sancionar lei aprovada pela Câmara Municipal instituindo a "semana da vida" em Fortaleza. Entre outros dispositivos, a norma autoriza a Prefeitura de Fortaleza a realizar "campanhas de informação a respeito dos malefícios médicos e psicológicos da utilização de anticoncepcionais" e do aborto.

Pegou mal, uma vez que Sarto investiu forte na imagem de médico e progressista durante a campanha de 2020, tentando grudar no adversário Capitão Wagner a pecha de intolerante e alinhado com ideais do bolsonarismo. A justificativa oficial do prefeito, de que a lei apenas "autoriza" a criação das campanhas, mas não as obriga, também não convenceu. Nas redes sociais, o clima de insatisfação com o prefeito era geral.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais