Logo O POVO Mais
Foto de Carlos Mazza
clique para exibir bio do colunista

Colunista de política, o jornalista Carlos Mazza coordena o O POVO Dados, núcleo que trabalha com reportagens a partir de bancos de dados. Já foi repórter de Política e repórter especial do O POVO.

Carlos Mazza política

Petistas cobram Camilo e rebatem Ciro

 Luizianne Lins (PT) tem críticas ao Camilo que tem
Foto: Deisa Garcêz/Especial para O Povo  Luizianne Lins (PT) tem críticas ao Camilo que tem "coração dividido" entre candidaturas de Lula e Ciro Gomes

Evento "PT lá e cá", puxado pelos deputados Luizianne Lins (PT), Zé Airton (PT) e Elmano Freitas (PT) por uma candidatura própria do PT ao Governo do Ceará, acabou somando vários discursos com cobranças ao governador Camilo Santana (PT) e críticas ao pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes. Em discursos no ato, os três parlamentares disseram defender que Camilo dispute vaga ao Senado Federal pelo partido, mas destacaram que a candidatura do petista precisa encampar a defesa da campanha do ex-presidente Lula (PT) à Presidência. Atualmente, o governador tem "coração dividido" entre candidaturas de Lula e Ciro Gomes.

"Camilo será bem-vindo candidato ao Senado pelo PT, desde que ele seja o candidato a senador do presidente Lula, ele precisa ser porta-voz da campanha do presidente sem vacilação", disse Luizianne. Elmano também defendeu tese semelhante, destacando que Camilo tem que ser "o senador do Lula, fazendo campanha para o Lula". No evento, realizado na tarde desta quinta-feira, sobraram também críticas ao grupo dos Ferreira Gomes no Estado, sobretudo a recentes críticas feitas por Ciro Gomes ao PT e ao ex-presidente Lula. "Eles impõem ao PT um papel secundário, coadjuvante, humilhante, na ação política do Ceará", diz Zé Airton, destacando necessidade de o partido lançar candidatura própria ao governo para evitar "subjugação" do PT Ceará.

"É inadmissível a gente ter que todo dia passar pelo constrangimento, a vergonha, de ver o Ciro ofender diuturnamente o PT, ofender o Lula, muitas vezes com palavras desqualificadas, é um Bolsonaro querendo se travestir de progressista", reforça Luizianne. Para Elmano, já é momento inclusive para que o PT cobre outras lideranças do PDT local sobre as críticas do presidenciável pedetista. "Ciro não aceita a liderança do Lula e ataca o Lula e o PT com inverdades, com injustiças, com grosserias. E para nós cansou demais, e a gente precisa ser claro: O PDT do Ceará tem que dizer se concorda com essas falas do Ciro".

PT rachado

Outras lideranças do PT Ceará minimizaram ato realizado ontem em defesa da tese de candidatura própria do partido para o Governo do Ceará. Para lideranças petistas, o assunto não será decidido até a realização de encontros da sigla no plano estadual. "A tomada de decisão no PT ocorre sempre através de encontros, reuniões e seminários. A conjuntura nacional e as definições partidárias - até final de março - trarão impactos. Por isso, temos que aguardar fatores nacionais como, por exemplo, como ficará a questão da federação partidária e a definição do vice do Lula", pondera o deputado Acrísio Sena (PT).

"É necessário também, como venho alertando, realizar debates nas macrorregiões do Ceará para dialogar com a militância do partido. Ouvir todos os diretórios, correntes e setoriais, do campo e da cidade. Não podemos antecipar uma decisão tão importante sem levar em consideração essas condicionantes. Qualquer tentativa de impor uma tese, seja de candidatura própria ou aliança, deverá aguardar esses desdobramentos", reforça.

Outro membro do Diretório Estadual do PT ouvido pela coluna minimizou a questão, lembrando que, a preço de hoje, Luizianne e Zé Airton são vozes isoladas dentro do partido. Ele destaca que posicionamentos recentes do governador Camilo Santana (PT) e do deputado José Guimarães (PT), maiores lideranças da sigla no Estado, são sempre pela manutenção da aliança entre PT e PDT no Estado.

O evento de ontem foi agendado após o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) voltar a fazer crítica contra o partido e contra o ex-presidente Lula (PT) em recente ato de lançamento de sua pré-candidatura à Presidência. 

O preço da N95

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Fortaleza apresentou na última quarta-feira, 26, uma denúncia ao Procon Fortaleza sobre uma alta abusiva no preço de máscaras N95/PFF2 em diversos estabelecimentos de Fortaleza. Ação foi assinada pelo presidente da comissão na Casa, vereador Wellington Sabóia (PMB). O vereador destaca recente decisão do governador Camilo Santana (PT) que obrigou trabalhadores de setores de serviços essenciais, como funcionários de farmácias e escolas, a utilizarem máscara deste modelo - considerado o mais eficaz no combate à disseminação do novo coronavírus - no exercício das funções.

 

Foto do Carlos Mazza

Política é imprevisível, mas um texto sobre política que conta o que você precisa saber, não. Então, Acesse minha página e clique no sino para receber notificações.

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"