clique para exibir bio do colunista

Carol Zilles, sommelière, entusiasta e estudiosa de cerveja desde 2013, é fundadora e diretora da Cervejaria Capitosa, fundadora e membro da Confradelas (a maior confraria feminina do Nordeste); professora em cursos de formação profissional e de introdução; produtora de eventos cervejeiros, como o Congresso Mergulho na Cerveja, e divulgadora da cultura cervejeira, que prega o mantra

carol-zilles • Opinião

O Michael Jackson das cervejas

Por
Michael Jackson, o caçador de cervejas precursor do movimento cervejeiro no mundo
Michael Jackson, o caçador de cervejas precursor do movimento cervejeiro no mundo

O nome dele é Michael Jackson, mas seu legado para a humanidade não tem nada a ver com músicas nem coreografias. Esse MJ de que falo foi um jornalista inglês barbudo, especialista em cerveja e uísque, que marcou a história da bebida com suas pesquisas, livros, artigos e até programas de TV, numa trajetória que teve início nos anos 1970 e perdurou até sua morte em 2007, aos 65 anos.

Autodenominado "caçador de cerveja", ele viajou para diversos países em busca de diferentes versões da bebida e foi o primeiro (que se tem notícia) a avaliar minuciosamente e categorizar cervejas em estilos, dando origem aos atuais guias de referência. Seu trabalho teve grande impacto nos EUA e ele ajudou a despertar o movimento craft beer (cerveja artesanal), que tem mudado o consumo e o mercado de cervejas. Sem ele, hoje nossos copos certamente estariam mais sem graça. Mergulhar em sua obra é uma viagem por sabores, pela diversidade de estilos e pela história milenar da cerveja. Seguem algumas dicas para seguir a trilha desse Michael Jackson, o cervejeiro!

Série The Beer Hunter

Exibida pela primeira vez pelo canal Discovery Channel em 1989, a série escrita e apresentada por Michael Jackson pode ser assistida gratuitamente no YouTube com legendas em português (graças ao esforço do cervejeiro gaúcho Paulo Dalla Santa). Em cada um dos 6 episódios, MJ explora a tradição cervejeira de uma região diferente, além de mostrar de forma simples como é a produção de vários estilos.

Livros

Com mais de 3 milhões de cópias vendidas, os livros do MJ já foram traduzidos em 18 idiomas. Em português é possível encontrar o "Guia Ilustrado Zahar de Cerveja" (2007). Os mais icônicos só mesmo em inglês: "The World Guide To Beer" (1977), em que ele descreve detalhadamente 500 cervejas de diferentes partes do mundo e as categoriza em estilos com base na cultura e tradição das regiões de produção; e o "Michael Jackson's Beer Companion" (1997), no qual ele identifica, descreve e conta a história de 41 estilos e de mais de 150 cervejarias de referência, com linguagem fácil e mais de 200 fotos.

Artigos

De 1998 até sua morte, em 2007, MJ colaborou com a Real Beer Inc. no site www.beerhunter.com, que reúne e disponibiliza inúmeros artigos e editoriais escritos por ele ao longo da carreira. É uma farta biblioteca sobre os mais diversos aspectos da cerveja: viagens, cultura, história, estilos, produção, harmonizações... Infelizmente, ainda só em inglês.

Beer legends

As sommelières de cerveja Bia Amorim e Pri Colares lançaram o Beer Legends, uma série de projetos sobre personagens da cultura cervejeira, que acontecerá ao vivo, na plataforma Crowdcast. O primeiro deles é "Quem foi Michael Jackson" e um passeio pelas cervejas inglesas. Ele tem três partes: um "esquenta" aberto e gratuito, dia 1º de julho, e duas aulas de 2h cada, nos dias 10 e 17 (R$49 o combo), sempre às 20h. O projeto espera juntar apreciadores de bebidas e profissionais do ramo, unindo o conteúdo a uma experiência sensorial. Quem quiser beber as cervejas que serão abordadas nas aulas pode comprar o kit antecipadamente com 25% de desconto no site da importadora BoxerBeers. Informações: www.pricolares.com.br/confra

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais