Foto de Carol Zilles
clique para exibir bio do colunista

Carol Zilles, sommelière, entusiasta e estudiosa de cerveja desde 2013, é fundadora e diretora da Cervejaria Capitosa, fundadora e membro da Confradelas (a maior confraria feminina do Nordeste); professora em cursos de formação profissional e de introdução; produtora de eventos cervejeiros, como o Congresso Mergulho na Cerveja, e divulgadora da cultura cervejeira, que prega o mantra

Carol Zilles gastronomia

Bom de copo!

Tipo Opinião

Por Marbênia Gonçalves, sommelière de cerveja, vinho e chá. Professora da Unifanor Wyden, na área de Bebidas e Harmonização. Integrante da Confradelas (@confradelas)

Se a sua intenção ao beber uma cerveja é apenas curtir enquanto está com os amigos, sem muita preocupação com o líquido, qualquer copo vale! Mas se a cerveja for a protagonista da ocasião e você deseja vivenciar experiências sensoriais e gastronômicas únicas, a escolha do copo ideal para cada estilo impacta na melhor percepção visual, dos aromas e sabores. Afinal, também “bebemos” com os olhos!

A formação e retenção de espuma para cada estilo de cerveja é evidenciada pelos copos projetados para este fim. O famoso ”colarinho” protege a cerveja dos processos de oxidação que deterioram seus sabores. Além disso, auxilia na manutenção da temperatura e do gás (carbonatação), mantendo os aromas originais.

O formato do copo também contribui para que a bebida seja experimentada na temperatura ideal para o estilo (veja a dica no rótulo da cerveja). É um mito que cerveja deve ser bebida estupidamente gelada, pois as baixas temperaturas anestesiam as papilas gustativas, impedindo o reconhecimento das qualidades da bebida. Na temperatura adequada os aromas ganham novas nuances.

CADA COPO UMA CERVEJA!
Conheça o copo mais adequado para diferentes estilos de cerveja e o porquê.

Taça ISO
Taça ISO

Para qualquer tipo de cerveja: Iso

A taça Iso foi criada pelo International Standards Organization (Organização Internacional de Padronização) nos anos 1970 e é utilizada internacionalmente para estudo e degustação de bebidas em geral, como cerveja, vinho, cachaça... Na dúvida sobre qual copo especial ter em casa? Essa taça é uma boa pedida! Só não se frustre com o tamanho, pois ela comporta apenas 220ml.

Taça Pokal
Taça Pokal

Cervejas Pilsen: Pokal

Nessa taça bastante versátil, a base é mais estreita que a boca e favorece a estabilidade da espuma. A haste de sustentação reduz a transferência de calor das mãos para o líquido, característica importante para as cervejas leves e refrescantes que queremos tomar bem geladas.

Copo Weizen
Copo Weizen

Cervejas Weiss: Weizen

Bastante ritualístico, o serviço nesse copo forma bastante espuma, e o copo deve comportar todo o conteúdo da garrafa mais o generoso colarinho. É tradição mexer a garrafa perto do final para que o fermento sedimentado, característico desse estilo não filtrado, possa ser incorporado na cerveja. Normalmente é um copo grande, de 500ml, e por isso ele tem uma curvatura no meio para facilitar a pegada, já que não tem haste.

Copo Caldereta
Copo Caldereta

Cervejas IPA, Porter e Stout: Caldereta

Versátil e facilmente encontrada nos bares, a caldereta, um copo sem haste que é mais estreito na base do que nas bordas, geralmente com cerca de 300ml, é um coringa e por isso é muito popular. É um copo bom para cervejas menos alcoólicas que podem ser consumidas mais rapidamente e em goles maiores pois, por não ter haste, o contato direto da mão com o corpo do copo não colabora para manter a bebida gelada por muito tempo.

Copo Snifter
Copo Snifter

Cervejas Barley Wine, Strong Ales e Imperial Stouts: Snifter

A borda superior mais estreita e o bojo com bom diâmetro dessa taça facilitam a captura dos aromas em cervejas mais alcoólicas e encorpadas. Ao segurar diretamente na base larga, a cerveja vai esquentando e a complexidade de aromas aparece.

Taça flute
Taça flute

Cervejas Bière Brut: Flute

Essas cervejas produzidas pelo tradicional método champenoise possuem bastante gás (carbonatação) e formam a perlage – aquelas pequenas bolinhas de ar características dos espumantes. O formato estreito e longo da taça Flute contribui para manter a carbonatação e para que a perlage exploda na boca na hora da degustação.

Taça de Cerveja Panamá Vidro 400ml
Taça de Cerveja Panamá Vidro 400ml

Cervejas Belgian Ale, Tripel, Lambic, Belgian Strong Ale, Doppelbock: Tupila

Essas taças possuem haste, um corpo arredondado com uma borda que tem uma curva para fora, ajudando a não esquentar o líquido, a disseminar os aromas e a favorecer a evolução da espuma.

Taça goblet
Taça goblet

Cervejas belgas trapistas e de abadia: Goblet

Também chamada de cálice, com haste, borda larga e corpo arredondado, essa taça possibilita maior percepção de aromas e é a tradicional escolha para beber as cervejas belgas feitas pelos monges.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais