Daniel Maia
clique para exibir bio do colunista

Daniel Maia é professor doutor de Direito Penal da Universidade Federal do Ceará (UFC), sendo também advogado criminalista e colunista semanal do O POVO

opinião
Opinião

Estaremos transferindo para o setor responsável

Escrevo a coluna de hoje enquanto espero ser atendido em uma chamada telefônica por uma empresa de TV a cabo e internet que atua em Fortaleza. A ligação iniciou-se com um rápido atendimento por uma máquina com uma voz feminina e agradável, mas no momento em que eu apertei a tecla referente ao cancelamento do serviço de assinatura a máquina respondeu em um português típico de telemarketing: “Estaremos transferindo o senhor para o setor responsável” e aqui estou, há mais de trinta e cinco minutos aguardando o atendimento e nada.
Imagino que isso deve acontecer com a maioria das pessoas que tentam cancelar um serviço de assinatura de algum serviço como internet, telefonia, TV ou cartão de crédito e por isso resolvi tentar salvar o tempo em que continuo esperando ser atendido para desabafar e, certamente, expor um desabafo coletivo de milhares de pessoas que se estressam e perdem um valioso tempo de suas vidas tentando serem atendidas por essas empresas que descaradamente ferem os direitos de seus consumidores aos tratarem assim.
Nesse ponto, tem-se que não apenas o Código de Defesa do Consumidor é desrespeitado por tais empresas, mas também a própria legislação pertinente ao setor de telecomunicação materializada em portarias da Anatel, motivo pelo qual órgãos como o Ministério Público e a Comissão de Defesa dos Diretos do Consumidores da Ordem dos Advogados do Brasil devem estar atentos e atuantes, fiscalizando e cobrando a imposição de sanções a essas empresas, pois não é possível que tais tratamentos desrespeitosos com os clientes ainda aconteçam em nossa sociedade.
Já eu vou continuar esperando ser transferido para o setor responsável pelo cancelamento da minha assinatura quem sabe até desistir de cancelá-la e com isso me dar por vencido, pois essa é a tática cruel de retenção dos clientes que essas empresas utilizam e que deve ser rechaçada por todos nós.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais