Daniel Maia
clique para exibir bio do colunista

Daniel Maia é professor doutor de Direito Penal da Universidade Federal do Ceará (UFC), sendo também advogado criminalista e colunista semanal do O POVO

opinião
Opinião

Orgulho de ter sangue negro

No Direito um Presidente do Supremo Tribunal Federal, o negro Joaquim Barbosa; no futebol simplesmente o rei negro, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, e, atualmente, o melhor jogador que temos, outro negro, Neymar; na Literatura, o maior de todos os tempos, o negro Machado de Assis; no Jornalismo, entre tantos excelentes profissionais, a negra Glória Maria; na música, vamos citar apenas quatro das centenas de negros que nos orgulham, Milton Nascimento, Alcione e Gilberto Gil, isso para não falar, já falando, de Pixinguinha, outro negro; nas artes, o casal negro Taís Araújo e Lázaro Ramos, mas poderíamos citar também o negro Grande Otelo; na história, o negro guerreiro Zumbi dos Palmares; na Ginástica Olímpica, a negra Daiane dos Santos, e no atletismo, o negro Robson Caetano; na Arquitetura, o negro genial Antônio Francisco de Lisboa, o Aleijadinho; na Política, o negro José do Patrocínio ou o outro negro, nosso sétimo Presidente da República, Nilo Peçanha; representando o nosso lindo Ceará, o negro responsável pela libertação dos escravos, muito antes que a Princesa Isabel, Francisco José do Nascimento, o Dragão do Mar. Como não nos orgulhar de termos sangue negro em nossas veias brasileiras?
Poderia passar o resto da minha vida citando diversos outros negros que orgulham nosso país e o fazem ser essa nação miscigenada e de um povo forte exatamente pela mistura que carrega em seu sangue, mas ficarei por aqui, triste pelos episódios de racismo e intolerância que vem dominando nossos jornais, a exemplo da morte do cliente do Carrefour em Porto Alegre, a qual expôs o racismo estrutural que temos arraigado nas entranhas sombrias da nossa sociedade.
Quantos filhos nasceram das escravas negras estupradas pelos seus “senhores brancos” e que nos precederam na nossa árvore genealógica, a qual nenhum de nós brasileiros temos o Direito de negar?
Enfim, todo brasileiro tem sangue negro nas veias e devemos ter orgulho disso, pois é essa mistura de raça que nos torna tão especiais.
Chega de racismo!
Vidas (todas) importam!

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais