Foto de Eliomar de Lima
clique para exibir bio do colunista

O jornalista Eliomar de Lima escreve sobre política, economia e assuntos cotidianos na coluna e no Blog que levam seu nome. Responsável por flashes diários na rádio O POVO/CBN e na CBN Cariri.

Fortaleza apresenta no BS Innovation o 1918 Labs, Hub de Inovação do clube

Para Marcelo Paz, o Hub do Fortaleza deverá ser um case nacional e internacional, se igualando aos grandes clubes que já se inseriram nesse modelo de profissionalismo
Tipo Notícia
Para Marcelo Paz, a intenção é fomentar a inovação no ambiente do futebol como um negócio com grande potencial a ser explorado (Foto: DIVULGAÇÃO)
Foto: DIVULGAÇÃO Para Marcelo Paz, a intenção é fomentar a inovação no ambiente do futebol como um negócio com grande potencial a ser explorado

O Fortaleza Esporte Clube apresentou nesta sexta-feira (8), no BS Innovation Hub, no BS DESIGN, em evento fechado para patrocinadores e convidados, o 1918 Labs, novo HUB de inovação do clube. A ideia do Hub, que ficará instalado em uma sala no 3º andar da sede do clube, é desenvolver projetos e serviços que tenham relação com o futebol, desde a logística, fisiologia ou facilidades para torcedores.

Segundo o presidente do clube, Marcelo Paz, "queremos que o Hub do Fortaleza venha a ser um case nacional e internacional se igualando aos grandes clubes que já se inseriram nesse modelo de profissionalismo". Além disso, destacou Paz, a intenção é fomentar a inovação no ambiente do futebol como um negócio com grande potencial a ser explorado.

O Hub do Fortaleza surge em parceria com BS Innovation, equipamento instalado no BS DESIGN, tendo à frente da gestão, os sócios Eduardo Hamdan, Marcus Vinícius Saraiva e Strauss Nasar, que se uniram fruto da iniciativa das empresas Gomes de Matos Consultoria, Cordel Ventures e BSPar Incorporações.

Dentro do esporte, o Barça Innovation Hub é uma referência. Em 2017, o Barcelona criou um ecossistema de colaboração em escala global, que envolve universidades, centros de pesquisa, startups, hospitais, grandes marcas e outras organizações esportivas. Juntos, eles se utilizam da estrutura do clube — mais de 2 mil atletas profissionais, em 5 esportes diferentes, centros de treinamento modernos e o Camp Nou, o maior estádio da Europa — para compartilhar conhecimento e produzir papers em campos diversos, como medicina, nutrição e engajamento de fãs, e testar novos produtos e serviços. O Barça ainda organiza eventos e conferências todos os anos, cobrindo assuntos variados, como tecnologia, fisioterapia, análise de dados e performance de atletas. Além disso, tem o Universitas, que oferece cursos presenciais e online para quem quiser beber desta fonte. Em 2019, sete startups começaram a trabalhar diretamente com o clube, desenvolvendo soluções que atendam suas demandas.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais