Foto de Érico Firmo
clique para exibir bio do colunista

Escreve sobre política, seus bastidores e desdobramentos na vida do cidadão comum. Além de colunista, é editor-chefe de Cotidiano do O POVO. Já foi editor adjunto de Política, editor-executivo de Cotidiano no O POVO, editor executivo do O POVO Online e coordenador de plataformas digitais

Érico Firmo política

O que Moraes e Barroso fizeram que tanto irritou Bolsonaro?

O problema com o STF não é do governo, é de aliados do presidente, páginas que o apoiam e até da família Bolsonaro
Tipo Opinião
Manifestação na Praça Portugal no 7 de setembro (Foto: JÚLIO CAESAR)
Foto: JÚLIO CAESAR Manifestação na Praça Portugal no 7 de setembro

O presidente Jair Bolsonaro promoveu atos golpistas, que segundo ele são em defesa da liberdade e da Constituição. A interpretação que ele faz da Constituição. Interpretações há várias. Na dúvida, vale a do Supremo Tribunal Federal (STF). Simples assim, fim de papo. Mas, e essa história de liberdade? Bom, primeiro é preciso saber o que o STF fez de tão errado para Bolsonaro promover o levante antidemocrático de terça-feira?

Bolsonaro trata como se dois ministros do Supremo tivessem descumprido de forma absurda a Constituição. Em que aspecto, exatamente?

Sobre Alexandre de Moraes, há o chamado inquérito das fake news. Acho que há críticas e questionamentos pertinentes, e eu os fiz desde o ano passado.

Quanto a Luis Roberto Barroso, Bolsonaro o acusa de ter agido contra a aprovação da PEC do voto impresso. O que mais?

A decisão sobre a pandemia, que impediu Bolsonaro de desfazer o trabalho dos outros, não foi de Moraes nem de Barroso, foi do pleno, por unanimidade.

Francamente, é isso? Por isso Bolsonaro cogita ruptura institucional? Por causa de um inquérito que ameaça aliados? E que, equivocado que seja, ainda será, em última instância, submetido ao pleno do tribunal? Se virar denúncia.

Ou por que um ministro articulou contra uma decisão que é do Congresso Nacional? Por isso o presidente Jair Bolsonaro faz ameaças de ruptura institucional?

O próprio Bolsonaro foi incluído na investigação das fake news pelo ministro Alexandre de Moraes. Familiares do presidente estão na mira. Há aliados presos. O presidente se queixou também que perfis no Youtube perdem dinheiro por causa de desmonetização.

Falando em português claro, o STF não está atrapalhando o governo. Está atingindo aliados e a família do presidente. Por isso ele levou tanta gente na rua.

Ouça o podcast Jogo Político:

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais