Foto de Érico Firmo
clique para exibir bio do colunista

Escreve sobre política, seus bastidores e desdobramentos na vida do cidadão comum. Além de colunista, é editor-chefe de Cotidiano do O POVO. Já foi editor adjunto de Política, editor-executivo de Cotidiano no O POVO, editor executivo do O POVO Online e coordenador de plataformas digitais

Érico Firmo política

Após críticas de André Fernandes, IFCE suspende Semana de Direitos Humanos

Evento teria presença de Guilherme Boulos. Justificativa para a suspensão foi "para evitar que o evento seja compreendido como possuidor de um viés político-partidário"

Enquanto ecoa a nomeação de Cândido Albuquerque para reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), turbulência em outra instituição federal de ensino no Ceará. O Instituto Federal do Ceará (IFCE) suspendeu a I Semana de Direitos Humanos, que começaria na noite de hoje e iria até sexta-feira. O evento homenagearia Dandara dos Santos.

A justificativa para a suspensão foi "para evitar que o evento seja compreendido como possuidor de um viés político-partidário, o que não condiz com a histórica imagem institucional do IFCE".

Entre a programação dos quatro dias, estava uma mesa com participação de Guilherme Boulos, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e foi candidato a presidente pelo Psol no ano passado.

Coincidência ou não, na segunda-feira, 19, a Semana havia sido criticada no Twitter pelo deputado estadual André Fernandes. Marcando o ministro da Educação, Abraham Weintraub, Fernandes dizia: "(...) olha só o Instituto Federal do Ceará, com o apoio da Universidade Federal do Ceará, trazendo o Invasor de Terras, Guilherme Boulos, para palestrar em Sobral-Ce, dia 22. Já entrei com uma representação e gostaria do seu apoio pra impedir esse absurdo! Nos ajude", escreveu Fernandes na tarde de segunda.

Na manhã desta terça-feira, o IFCE anunciou a suspensão da semana.

Em nota, a reitoria do instituto e as direções-gerais dos campi de Fortaleza, Sobral e Canindé afirmam que o evento foi inviabilizado pela "falta de discussão prévia para a montagem de uma programação focada no debate plural de ideias".

O IFCE acrescenta na nota que em nenhum momento, a gestão toma posição de censura".

Leia a íntegra da nota:

Suspensas atividades da I Semana de Direitos Humanos

A Reitoria do IFCE e as direções-gerais dos campi de Fortaleza, Sobral e Canindé, para evitar que o evento seja compreendido como possuidor de um viés político-partidário, o que não condiz com a histórica imagem institucional do IFCE, suspendem todas as atividades relativas à I Semana de Direitos Humanos.

Reconhecemos a importância do debate sobre direitos humanos para a comunidade acadêmica, e, em nenhum momento, a gestão toma posição de censura; no entanto, a falta de discussão prévia para a montagem de uma programação focada no debate plural de ideias inviabiliza a realização do evento.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais