clique para exibir bio do colunista

Editor Chefe de Esportes do O POVO; apresentador do Futebol do POVO na TV O POVO, rádio O POVO CBN AM e plataformas digitais; comentarista de esportes da Rádio O POVO CBN FM e AM; além de Comunicação, é formado em Direito.

NOTÍCIA

Campeonato Cearense, por jogo, deve ter no máximo 200 pessoas no estádio

Cada clube terá direito a ingressar 45 profissionais no estádio. O número máximo total só deve ser alcançado em jogos de grande porte
Existe a chance de o Castelão abrigar jogos do Campeonato Cearense nos próximos meses
Existe a chance de o Castelão abrigar jogos do Campeonato Cearense nos próximos meses

Apuração de Brenno Rebouças

Os jogos do Campeonato Cearense devem ocorrer com, no máximo, 200 pessoas no estádio, dentre todos os envolvidos para a realização do evento, incluindo os atletas. Esse número é o que está na proposta do protocolo para realização de partidas de futebol enviado ao Governo do Estado, que estuda se libera os jogos a partir do dia 6 de julho.

Cada clube terá direito a ingressar com 45 pessoas, incluindo jogadores, comissão técnica, pessoal de apoio e dirigentes, totalizando assim 90 indivíduos ligados diretamente aos times que vão se enfrentar.

Todo o restante de pessoas necessárias para a realização dos jogos (quadro móvel, seguranças, pessoal de logística, Federação etc) terá que totalizar, no máximo 110. A ideia é que essa marca só seja atingida em grandes jogos (Clássico-Rei, por exemplo), tendo sempre um número menor em partidas de menos apelo.

Em resumo, no máximo 200 pessoas poderão estar presentes no estádio, sem contar membros de imprensa. A ideia é que a cobertura dos veículos seja apenas pela TV e internet (FCF TV deve transmitir jogos também). As coletivas serão feitas por videoconferência.

Todas as pessoas que vão aos jogos deverão ser testadas para a Covid-19 e a tendência é que sejam as mesmas presentes em cada jogo justamente para que o controle seja maior.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais