clique para exibir bio do colunista

Editor Chefe de Esportes do O POVO; apresentador do Futebol do POVO na TV O POVO, rádio O POVO CBN AM e plataformas digitais; comentarista de esportes da Rádio O POVO CBN FM e AM; além de Comunicação, é formado em Direito.

fernando-graziani • NOTÍCIA

A base compensa muito: Arthur Cabral, com duas transferências, é o maior negócio da história do Ceará

Por
Arthur, ex-Ceará, fez boa partida na Liga Europa
Arthur, ex-Ceará, fez boa partida na Liga Europa

A venda de 70% dos direitos econômicos de Arthur Cabral do Palmeiras para o Basel, da Suíca, confirmada nesta segunda-feira, 29, torna o jogador paraibano o mais valioso negócio feito na história do Alvinegro.

Inicialmente o Ceará arrecadou, em 2018, R$5,5 milhões com a venda de metade dos direitos do atacante para o clube paulista,

Agora, dos R$ 27 milhões arrecadados, o Ceará terá R$ 13,5 milhões, dos quais 30% serão repassados aos empresários, ficando o clube com cerca de R$ 9,5 milhões (o Basel vai parcelar em quatro vezes esse valor, tendo dois anos para pagar).

Assim, a soma dos negócios dá ao Ceará o maior valor de sua história com um jogador: R$ 15 milhões, com potencial para conseguir mais ainda - fica com 15% dos direitos - em caso de transferência do Basel para outra equipe.

Nunca existiu dúvida que o investimento na categoria de base é algo extremamente relevante para qualquer clube. Os valores apurados concretizam ainda mais o tamanho da importância financeira e social do trabalho com os garotos.

Arthur teve ótima condução pessoal e profissional, começou ganhando R$ 2.500 por mês, renovou o contrato antes de ser vendido ao Palmeiras - poderia ter saído de graça - treinou muito e ao lado do departamento de base conseguiu dar retorno técnico e financeiro, o mundo ideal para qualquer clube.

Pelo Basel, o desempenho é excelente. São 13 gols e seis assistências em sua primeira temporada na Europa.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais