Foto de Fernando Graziani
clique para exibir bio do colunista

Editor Chefe de Esportes do O POVO; apresentador do Esportes do Povo no Canal FDR e nas rádios O POVO CBN e CBN Cariri e plataformas digitais; comentarista de esportes da Rádio O POVO CBN/CBN Cariri. Além de Comunicação, é formado em Direito

Ceará: caso bata metas, Mendoza custará R$ 6 milhões

Tipo Notícia
Ceará aumenta o número de contratações de atletas estrangeiros, Mendoza foi o 12ª reforço internacional da história do clube (Foto:  Felipe Santos / cearasc.com)
Foto: Felipe Santos / cearasc.com Ceará aumenta o número de contratações de atletas estrangeiros, Mendoza foi o 12ª reforço internacional da história do clube

Contratado pelo Ceará, o colombiano Stiven Mendoza, 28 anos, custou aos cofres do clube, por enquanto, R$ 2.9 milhões, já que a parcela inicial por 60% dos direitos econômicos foi de 425 mil euros. Há ainda 175 mil euros que o Alvinegro tem obrigação de pagar ao Amiens em três anos, somando mais R$ 1.2 milhão, para completar os 60%.

Por contrato de produtividade, o jogador (que ficou com os outros 40% dos seus próprios direitos econômicos) receberá mais 100 mil euros no fim de 2021, ou seja, R$ 689 mil (10% dos direitos). Com outras metas batidas até o fim de 2022, o atleta fica com mais 200 mil euros, o equivalente a R$ 1,37 milhão (20% dos direitos).

Assim, com os cálculos todos sendo feitos pelo câmbio atual, Mendoza custará cerca de R$ 6,2 milhões e se tornará o jogador mais caro do Ceará e do futebol cearense, caso nenhuma outra compra que supere tal valor, obviamente, seja acertada.

E é sempre bom lembrar: jogador caro é jogador ruim. Se for bem, compensa. Se for mal, não compensa. Não tem segredo.

Colaborou Lucas Mota, repórter do O POVO

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais