clique para exibir bio do colunista

Editor Chefe de Esportes do O POVO; apresentador do Futebol do POVO na TV O POVO, rádio O POVO CBN AM e plataformas digitais; comentarista de esportes da Rádio O POVO CBN FM e AM; além de Comunicação, é formado em Direito.

fernandograziani • NOTÍCIA

Em outubro, Fortaleza vendeu 50 mil selos de produtos oficiais, recorde do clube

Todo produto oficial do time - são mais de 2300 na relação - precisa ser comercializado com um selo colado que comprove a sua originalidade Por

O mês passado representou para o Fortaleza seu recorde de selos oficiais vendidos para as mais de 60 empresas parceiras do clube que fabricam produtos licenciados. Foram 50 mil autorizados, com projeção de fechar 2019 com 300 mil emitidos.

Todo produto oficial do time - são mais de 2300 na relação - precisa ser comercializado com um selo colado que comprove a sua originalidade. O sistema possibilita ao Fortaleza ter controle absoluto de tudo que é vendido.  

A projeção real é que o clube receba neste ano R$ 1 milhão de royalties, dinheiro líquido, chamado de "novo" pelo presidente Marcelo Paz. É uma receita que não existia até 2016, mas que foi ganhando corpo conforme a área foi se profissionalizando internamente.

De cada venda o Fortaleza fica com uma porcentagem, que varia de 5% a 12%, dependendo do produto; a média é de 10%, assim, para R$ 1 milhão em royalties o faturamento total chegará aos R$ 10 milhões.

LEIA MAIS:

Por camisa oficial popular e desconto, torcedores do Fortaleza entregaram mais de 300 camisas piratas em dia inicial de vendas

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais