Foto de Gal Kury
clique para exibir bio do colunista

Professora em MBAs de Marketing do IBMEC Business School e da Unifor. Consultora na Gal Kury Marketing & Branding.

Gal Kury opinião

A maestrina do pão

Tipo Opinião
Gal Kury 
Consultora de marketing e professora universitária  
 (Foto: Acervo pessoal)
Foto: Acervo pessoal Gal Kury Consultora de marketing e professora universitária

7h30 da manhã. Em uma padaria tradicional de bairro em Laranjeiras, Rio de Janeiro, parei para tomar café. A fila era grande, porém ao ver que andava rápido, resolvi arriscar.

Foi então que comecei a notar a metodologia de trabalho da moça que preparava os lanches. Era uma linha de produção eficiente, rápida, com uma lógica de ordenação de processos sensacional. Parecia uma maestrina, regendo com perfeição cada etapa. Pão, queijo, manteiga, ovo, confirma o pedido, entrega, sorri, chama pelo nome. E a fila andava sem transtorno. Mesmerizante.

No mesmo dia fui para o aeroporto pegar um avião. Enquanto esperava, resolvi comprar um pão de queijo - que já estava pronto na vitrine - e uma água. Cinco funcionários da lanchonete (pertencente a uma grande rede nacional) estavam por trás do balcão. Somente 15 minutos depois consegui estar com meus pedidos em mãos.

O caixa não se atinha apenas a vender...falava, saia da posição, não havia qualquer ordem de processos, a equipe parecia completamente desnorteada e sem noção do que deveria fazer. As pessoas da fila começaram a reclamar da demora, criando um clima de hostilidade com os atendentes.

Fiquei pensando e com saudades da padaria de mais cedo…"Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras satisfeito sorri quando chego ali…"

Em qualquer segmento de negócio, o treinamento dos colaboradores visa, entre outras características, desenvolver suas habilidades, melhorando assim a produtividade e o desempenho. O treinamento aumenta também a sensação de valor e pertencimento na equipe.

Funcionários mais bem treinados atendem melhor seus clientes. Clientes mais felizes voltam e compram mais. E assim, voilá, você gera mais possibilidades de um crescimento sustentável do negócio.

A questão é que muitas vezes os empresários e/ou gestores acham que investir em treinamento e qualificação não vale a pena, ou basta um manual básico com uma leitura apressada que todos estarão aptos a atender os clientes. E esquecem de que não são únicos no mercado. E passar manteiga no pão com maestria, meus caros, é para quem está a fim.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais