Logo O POVO+
Rodada do Feminino A2 tem vitórias de Ceará e Fortaleza; Copa América Feminina começa sexta
Foto de Iara Costa
clique para exibir bio do colunista

Estagiária e colunista de futebol feminino e pautas raciais do Esportes do O POVO. Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Sete de Setembro (UNI7), já passou por assessorias de imprensa e foi repórter colaborativa da plataforma de notícias VAVEL Brasil

Iara Costa esportes

Rodada do Feminino A2 tem vitórias de Ceará e Fortaleza; Copa América Feminina começa sexta

Alvinegras e Leoas ocupam as primeiras colocações do grupo C do Brasileirão Feminino A2. Sob olhares desconfiados ao trabalho de Pia, seleção feminina estreia na Copa América no próximo sábado, 9
Ceará venceu o Uda-AL no Brasileirão Feminino A2 com gols marcados no final da partida.  (Foto: Augusto Oliveira/Ceará SC)
Foto: Augusto Oliveira/Ceará SC Ceará venceu o Uda-AL no Brasileirão Feminino A2 com gols marcados no final da partida.

Após uma semana de pausa, o Brasileirão Feminino A2 retornou no último final de semana com vitórias de Ceará e Fortaleza. As Alvinegras bateram a Uda-AL por 2 a 0 no sábado, em jogo realizado fora de casa, com gols marcados por Bianquinha e Juh Morais. Favorito do grupo, o Vovô segue 100% na competição e somente uma tragédia no returno poderia colocar o time fora da próxima fase.

A equipe comandada por Erivelton Viana tem o terceiro melhor ataque da competição, com nove gols marcados em três jogos. Se há algo a se atentar desde já para o mata-mata é a quantidade de oportunidades de gol perdidas durante a competição. Com tantos tentos marcados, não há de se reclamar, mas é um ponto para se atentar para os próximos momentos do certame. 

Do lado das Leoas, a primeira vitória veio suada diante do Botafogo-PB, também fora de casa, no domingo. Jaque marcou o único tento do jogo, que foi finalizado em 1 a 0. Apesar do placar magro, é extremamente importante para a equipe tricolor começar essa remontada em busca da classificação para a próxima fase do certame antes da virada do turno. Com a vitória, a equipe tomou a vice-liderança do grupo, aliás. Agora é jogar bem dentro de casa contra o mesmo Belo e se assegurar ainda mais nas primeiras posições do chaveamento.

Ceará e Fortaleza voltam a entrar em campo já neste final de semana. As Leoas recebem o Belo no CT Ribamar Bezerra, às 15 horas do sábado, 9. As Alvinegras também jogam em casa, na Cidade Vozão, contra a Uda-AL. No início do returno do Brasileirão Feminino A2, também começa a Copa América Feminina. Com transmissão do SBT e do SporTV, a competição se inicia já na sexta-feira, 8.

O Brasil, hoje comandado pela sueca Pia Sundhage, vai atrás do oitavo título na competição e dá o primeiro passo no sábado, 9, às 21 horas, em um clássico diante da Argentina. A seleção canarinho chega com favoritismo, mas também cheia de novidades e dúvidas.

Será a primeira vez que a equipe irá jogar sem a Formiga, que se aposentou da Amarelinha, e sem Marta, que sofreu lesão no joelho. Além delas, outro forte nome da geração anterior que está de fora da seleção já faz um tempo é a atacante Cristiane. Apesar da ausência desses fortes nomes, o Brasil não chega fraco de peças para o torneio.

O esquema tático utilizado pela técnica, entretanto, não é unanimidade nas arquibancadas. De um lado, há quem critique as escolhas de formação da Pia e até sinta que as jogadoras não se sentem confortáveis com o estilo de jogo empregado por ela. Do outro, há quem ache que "não é para tanto". Os resultados dos últimos amistosos jogados dão uma certa razão aos pessimistas, mas só saberemos mesmo como está o trabalho da sueca em termos de desfecho quando a bola começar a rolar. 

Foto do Iara Costa

Ôpa! Tenho mais informações pra você. Acesse minha página e clique no sino para receber notificações.

O que você achou desse conteúdo?