Jocélio Leal
clique para exibir bio do colunista

Colunista e editor-chefe dos núcleos de Economia e Negócios do O POVO. Também é âncora da rádio O POVO-CBN e apresenta flashes na rádio CBN Cariri. É o editor-geral do Anuário do Ceará e do Guia de Investimentos de São Paulo

NOTÍCIA

Fortaleza deixa de ter secretaria para relações internacionais

Nesta quarta-feira (17) a Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas (Cerif) entregou a chave do prédio alugado. Foi o último ato da Cerif com status de secretaria. Deverá virar apenas uma assessoria da Secretaria de Governo
FORTALEZA, CE, BRASIL, 04-01-2019: Paço Municipal. (Foto: Evilázio Bezerra/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 04-01-2019: Paço Municipal. (Foto: Evilázio Bezerra/O POVO)

Fortaleza - Nesta quarta-feira (17) a Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas (Cerif) entregou a chave do prédio alugado. Foi o último ato da Cerif com status de secretaria. Deverá virar apenas uma assessoria da Secretaria de Governo.

A Coordenadoria era responsável pela articulação das relações políticas, econômicas, sociais e culturais do município com outros países e organismos internacionais, assim como pela relação da cidade com estados brasileiros.

Na prática, a Cerif farejava parcerias, na forma de intercâmbios, cooperações técnicas, no apoio a atração de investimentos e no posicionamento da imagem de Fortaleza fora do País.

Desde a posse da atual gestão, os cerca de 20 funcionários viviam dias modorrentos, sem comando e sem missões. Aos poucos estão sendo distribuídos para outros órgãos.

A Cerif foi criada pelo ex-prefeito Roberto Cláudio (PDT) em 2015. Para o posto ele nomeara a jornalista Patrícia Macêdo, antes secretária da Copa. Ficou no posto até o final da gestão.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais