Jocélio Leal
clique para exibir bio do colunista

Redator do blog e coluna homônimos, diretor de Jornalismo da Rádio O POVO/CBN e CBN Cariri, âncora do programa O POVO no Rádio e editor-geral do Anuário do Ceará

Opinião

O negócio do meio ambiente

A agenda ambiental já não se limita mais a discurso e a economia verde não é mais exclusiva das ONGs
Presidente Jair Bolsonaro e membros do Governo Federal, incluindo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franca, ouvindo EUA presidente Joe Biden (na tela) falando durante a Cúpula do Dia da Terra virtual, no Palácio do Planalto. (Foto: MARCOS CORREA / AFP)
Presidente Jair Bolsonaro e membros do Governo Federal, incluindo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franca, ouvindo EUA presidente Joe Biden (na tela) falando durante a Cúpula do Dia da Terra virtual, no Palácio do Planalto. (Foto: MARCOS CORREA / AFP)

De cada R$ 5 emprestados pelos bancos para empresas no ano passado, mais de R$ 1 foi para o caixa de empresas com alguma relação com a chamada Economia Verde. Dos R$ 1,73 tri do saldo da carteira de crédito para clientes Pessoa Jurídica em dezembro de 2020, foram utilizados R$ 376 bilhões em operações destinadas a atividades classificadas como Economia Verde, conforme a metodologia desenvolvida pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).

Os dados estão no relatório "Sustentabilidade e Mudanças Climáticas: recursos intermediados pelo setor bancário no Brasil" elaborado pela Febraban com apoio do departamento de Economia da PUC-Rio. Sim, economia verde há um bom tempo deixou de ser agenda onguista. É política e negócio. ESG virou parâmetro determinante. A cúpula do clima, aberta ontem pelo presidente dos EUA, Joe Biden, e na qual o Brasil participa em pleno contrapé, ratificou o quanto a agenda ambiental exige mais do que discursos. De governos e de empresas também.

STARTUP

Delfos vira case e capta dinheiro evitando falhas

A startup Delfos, de Fortaleza, captou R$ 5 milhões para se expandir. Trabalha com predição. Em suma, opera sensores em turbinas eólicas ou painéis fotovoltaicos para evitar falhas. O reforço no caixa vem, sobretudo, da gestora de investimentos em startups Domo Invest. Mas tem também a EDP Ventures (a portuguesa com usina a carvão no Pecém), bem como dos fundos BMG Uptech e Bossa Nova. Em tempo: a internacionalização está no farol. No horizonte, as eólicas offshore (no mar) de grande escala e grandes parques solares fotovoltaicos. Mira na integração dos excedentes desta energia para a produção de hidrogênio verde. A Delfos nasceu na Energo Engenharia, cujo sócio sócio-fundador e mentor é o engenheiro Adão Linhares, hoje secretário-executivo de Energia na Seinfra.

Zoe tem autonomia de 385 quilômetros, potência de 135 cv e  25 kgfm de torque
Foto: DIVULGAÇÃO RENAULT JEAN-BRICE LEMAL.0683664150.jeanbrice@gmail.com
Zoe tem autonomia de 385 quilômetros, potência de 135 cv e 25 kgfm de torque

TODA A ELETRICIDADE

Novo Zoe a partir de R$ 205 mil

O Renault Zoe foi o pioneiro na Europa e se tornou o carro elétrico mais vendido no mercado europeu. Agora chega à terceira geração, com o novo Zoe E-Tech, lançado ontem no Brasil, onde começa a ser vendido no País em duas versões de acabamento: Zen (R$ 204.990) e Intense (R$ 219.990).

RESTAURANTE

Armonia aposta no paladar e na localização

Abre em breve no Porto das Dunas, em Aquiraz, o Armonia Lounge & Restaurant. A arquitetura é toda feita em bambu. O investimento é do italiano sócio da Brasil Prestige Consultoria Imobiliária e Investimentos, Alessandro Ravasi. "Estou morando aqui há mais de quatro anos e acho o lugar perfeito, porque fica perto do aeroporto e das cidades de Fortaleza, Aquiraz e Eusébio", diz. Ele mira no público que migrou para as casas de veraneio da região depois da pandemia. A cozinha é comandada pelo italiano Andrea Antonucci.

TURISMO

Arley e CVC se separam

Arley Silva assinou distrato com a CVC Operadora, onde era master-franqueado desde 2012. Com a saída de Arley, a CVC segue com 42 master-franqueados. Hoje, tem 22 lojas no Ceará. São quatro a menos da fase pré-pandemia. Arley é marido de Natália Abreu, ex-Casablanca Turismo e hoje à frente da Wee Travel. Na CVC, os franqueados passaram a se reportar ao diretor de vendas para a região, José Daniel Cattani.

Horizontais

De placa - Gol Linhas Aéreas anunciou meta: atingir emissões líquidas zero de carbono em 2050.

Fácil de pagar - A TIM bateu a marca de 2 milhões de faturas pagas por PIX. A operadora observou que quase 15% dos clientes que já pagaram contas com PIX utilizavam antes meios físicos. Em 2020, mais de 75% da sua base de consumidores pagou boletos online.

A tiros - Em São Leopoldo (RS), avança a obra de ampliação da Taurus, a fabricante de armas. A indústria aumenta em 50% a capacidade produtiva, das atuais 6 mil armas/dia para 9 mil armas/dia. Será hub de distribuição de componentes estratégicos para as unidades de manufatura nos Estados Unidos e na futura unidade na Índia.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais