Jocélio Leal
clique para exibir bio do colunista

Redator do blog e coluna homônimos, diretor de Jornalismo da Rádio O POVO/CBN e CBN Cariri, âncora do programa O POVO no Rádio e editor-geral do Anuário do Ceará

NOTÍCIA

Novo Renault Zoe E-Tech começa em R$ 204.990

Pioneiro na Europa, o Renault Zoe se orgulha de ter alcançado o posto de carro elétrico mais vendido no Velho Continente. Agora, na terceira geração, o novo Zoe E-Tech começa a ser vendido no Brasil em duas versões de acabamento: Zen (R$ 204.990) e Intense (R$ 219.990)
O novo Renault Zoe foi criado pelas equipes do Technocentre da Renault, Localizado em Guyancourt, nos arredores de Paris
O novo Renault Zoe foi criado pelas equipes do Technocentre da Renault, Localizado em Guyancourt, nos arredores de Paris

Fortaleza – Pioneiro na Europa, o Renault Zoe se orgulha de ter alcançado o posto de carro elétrico mais vendido no Velho Continente. Agora, na terceira geração, o novo Zoe E-Tech começa a ser vendido no Brasil em duas versões de acabamento: Zen (R$ 204.990) e Intense (R$ 219.990).

A liderança na Europa se consolidou com alta de 101,4% em comparação com 2019. Teve mais de 100 mil unidades vendidas no ano passado. Ocupa o topo em casa, na França, e também na Alemanha.

O modelo tem novo cockpit e painel de instrumentos, totalmente redesenhados.

A bateria de 52 kWh faz sua autonomia chegar a 385 quilômetros, com ainda mais opções de recarga. A montadora atribui à introdução do sistema de carga em corrente contínua (DC).

O novo Zoe também promete prazer superior ao dirigir, graças à motorização mais performante, com 135 cv de potência e 25 kgfm de torque. Na promessa há aceleração instantânea e suave.

A arquitetura elétrica foi totalmente repensada para receber o quadro de instrumentos digital de série. A iluminação agora é full LED em todas as versões, oferecendo luminosidade 75% mais potente em comparação com as lâmpadas halógenas, com um consumo energético mínimo, segundo a Renault.

O novo Zoe E-Tech 100% elétrico não gera nenhuma emissão na utilização. É zero emissão na utilização, zero emissões de CO2 e de poluentes atmosféricos regulamentados durante a condução, de acordo com o ciclo de homologação WLTP, com exceção das peças de desgaste.

O carro ainda ela integra materiais sintéticos 100% provenientes da reciclagem, inclusive nas partes visíveis do interior, como os revestimentos, criados de acordo com o conceito da economia circular, e as peças em polipropileno reciclado.

O Zoe chegou às ruas europeias em 2012. São mais de 270 mil unidades vendidas desde 2012.

as lanternas traseiras são agora full LED, para melhorar a visibilidade. O feixe luminoso em linhas horizontais também contribui para ampliar a parte traseira da carroceria
as lanternas traseiras são agora full LED, para melhorar a visibilidade. O feixe luminoso em linhas horizontais também contribui para ampliar a parte traseira da carroceria (Foto: DIVULGAÇÃO)

Compartilhamento em Fortaleza

O Zoe foi lançado no Brasil para o consumidor final no Salão do Automóvel de 2018. É vendido também pelo site www.eletricos.renault.com.br e retirado nas concessionárias homologadas.

Além da opção de aquisição online, o novo Zoe E-Tech está à venda em 16 concessionárias de 12 cidades, dentre as quais Fortaleza. Na Cidade, ele usado como carro compartilhado.

Além da capital cearense, em São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Divinópolis, Curitiba, São José dos Pinhais, Porto Alegre, Chapecó, Recife e Brasília.

Desde 2013, o elétrico mais vendido da Europa já estava disponível no mercado brasileiro, mas somente para empresas envolvidas em projetos de mobilidade sustentável, como Itaipu, CPFL, Beep Beep, entre outras.

O novo Zoe E-Tech também passa a fazer parte do catálogo de produtos do Renault On Demand, o serviço de assinatura da marca lançado em janeiro e que faz parte da estratégia de mobilidade urbana e compartilhada Mobilize.

A Renault firmou uma parceria com duas empresas no setor elétrico no Brasil, a WEG e a EDP. Assim, os clientes da Renault, sejam empresas ou consumidores finais, têm o serviço completo para a aquisição e instalação de carregadores elétricos.

Na frente da carroceria totalmente redesenhada, os contornos do capô esculpido convergem para um losango aumentado e alinhado, que se abre sobre a portinhola de recarga.

O novo formato do para-choque integra adornos cromados na entrada de ar frontal, na grade e nos faróis de neblina, valorizando a parte frontal inferior. Já as entradas de ar laterais reforçam as qualidades aerodinâmicas do veículo.

Empregando a famosa assinatura luminosa em formato de C comum a todos os novos veículos da marca Renault, os novos faróis full LED buscam dar um visual expressivo. As dimensões do novo Zoe E-Tech não mudaram.

Os designers do Grupo Renault se dedicaram especialmente à qualidade dos acabamentos, ao conforto e à ergonomia. Já o display de 10 polegadas, disponível em todas as versões, é um dos destaques.

O Zoe E-Tech traz em todas as versões um quadro de instrumentos digital de 10 polegadas para o condutor, com definições e funcionalidades inigualáveis no segmento. O equipamento inclui, entre outras funcionalidades, todos os parâmetros específicos da motorização elétrica, começando pelo indicador de consumo, que incentiva a eco-condução
O Zoe E-Tech traz em todas as versões um quadro de instrumentos digital de 10 polegadas para o condutor, com definições e funcionalidades inigualáveis no segmento. O equipamento inclui, entre outras funcionalidades, todos os parâmetros específicos da motorização elétrica, começando pelo indicador de consumo, que incentiva a eco-condução (Foto: DIVULGAÇÃO)


ANOTAÇÕES
- O carro foi concebido e fabricado na França. O novo Renault Zoe foi criado pelas equipes do Technocentre da Renault, em Guyancourt, nos arredores de Paris.

- Desde 2012 o Zoe é produzido na fábrica de Flins (região de Yvelines, área metropolitana de Paris). Na época, a planta ampliou o escopo de suas competências ao realizar, por exemplo, a montagem dos elementos que compõem a bateria.

- A nova geração do Zoe se beneficia de uma plataforma concebida especificamente para receber a bateria de um carro elétrico. O cárter que permite esta integração é produzido na fábrica da Renault em Le Mans (região de Sarthe, a oeste de Paris), assim como os eixos dianteiro e traseiro do veículo.

- O porta-malas de 338 litros e o banco traseiro rebatível contribuem para a capacidade de carga.

- Concebido segundo o conceito da economia circular, sua composição contém em média 50% de aparas de tecido e cintos de segurança, além de 50% de fibras recicladas a partir de garrafas plásticas (PET).

O console central mais alto recebe a nova alavanca de modo de condução com comando eletrônico. O pomo do e-shifter é revestido em couro. As laterais têm acabamento cromado acetinado, enquanto o logo Z.E. recebe destaque na base. Com um simples toque, ele permite mudar de um modo de condução a outro, principalmente para aproveitar o novo modo que facilita a condução na cidade
O console central mais alto recebe a nova alavanca de modo de condução com comando eletrônico. O pomo do e-shifter é revestido em couro. As laterais têm acabamento cromado acetinado, enquanto o logo Z.E. recebe destaque na base. Com um simples toque, ele permite mudar de um modo de condução a outro, principalmente para aproveitar o novo modo que facilita a condução na cidade (Foto: DIVULGAÇÃO)

Design externo

•Capô redesenhado: o novo Zoe E-Tech tem um capô esculpido, cujas linhas convergem para o centro da parte frontal da carroceria. É relativamente curto e foi totalmente redesenhado.

•Faróis dianteiros: integrando a tecnologia full LED em todas as versões do novo Zoe E-Tech, os faróis dianteiros empregam a assinatura luminosa em formato de C característica dos modelos Renault (o chamado C-Shape). Além de um visual mais marcante, estes novos faróis promete melhorar a visibilidade para o condutor.

•Para-choque dianteiro e faróis de neblina: totalmente redesenhado, o para-choque dianteiro recebe faróis de neblina destacados por uma moldura cromada. A entrada de ar, os faróis e a grade também recebem adornos cromados. Um friso com o mesmo acabamento e adornado com o nome “Zoe” arremata o conjunto com elegância. Na parte inferior, os faróis de neblina de LED contribuem para um aprimoramento geral dos atributos de iluminação. Estruturado em torno das saídas de ar desenhadas especificamente para melhorar o fluxo de ar, o para-choque dianteiro amplia a percepção visual do veículo. Bem assentada sobre as rodas, a frente da carroceria sugere as qualidades dinâmicas do Zoe.

•Entradas de ar: as novas entradas de ar laterais, em formato de guelras favorecem a circulação do fluxo de ar na frente da carroceria, contribuindo para a aerodinâmica.

•Losango holográfico e nova portinhola de recarga: destacado por um filete azul, o losango da Renault que aparece no centro da grade esconde a tomada de recarga. Este logo conta com um design “holográfico”: os traços precisos de seu desenho dão uma impressão de relevo à superfície plana. Atrás do losango, a portinhola de recarga recebe uma tomada do tipo 2, mas ela conta agora com um conector para a recarga rápida com corrente contínua (DC) de até 50 kW, complementando as possibilidades já oferecidas nas gerações anteriores com corrente alternada (AC).

•Lanternas traseiras e luzes indicadoras de direção com visual dinâmico: as lanternas traseiras são agora full LED. O feixe luminoso em linhas horizontais também contribui para ampliar a parte traseira da carroceria. Já a assinatura luminosa tem agora a cor vermelha. A iluminação dinâmica das luzes indicadoras de direção de LED, que mudaram do centro para o lado de fora, reforça esta impressão de imponência, enquanto as luzes indicadoras de direção integradas aos retrovisores laterais também contam com iluminação em LED.

•Uma gama completa de cores: as novas cores azul Céladon, vermelho Flamme e branco Quartz se somam às cores cinza Highland, cinza Titanium e preto Etóile.

•Novas rodas de 16 polegadas: melhor equipado, o novo Zoe E-Tech traz um aprimoramento de todas suas qualidades dinâmicas, tanto em termos de aceleração como de frenagem. Entre os destaques estão os freios a disco na frente e na traseira, além dos novos aros de roda com cinco parafusos.


Design interno

•Tela de 10 polegadas para o condutor: o novo Zoe E-Tech traz em todas as versões um quadro de instrumentos digital de 10 polegadas para o condutor, com definições e funcionalidades importantes. O equipamento inclui, entre outras funcionalidades, todos os parâmetros específicos da motorização elétrica, começando pelo indicador de consumo, que incentiva a eco-condução. O condutor pode personalizar as cores do mostrador e a apresentação das diferentes informações na tela.

•Tela multimídia: a tela multimídia touchscreen de sete polegadas que prolonga o console central permite acessar todos os recursos de navegação e entretenimento. Ela controla as principais regulagens do veículo, dos diferentes dispositivos de assistência à condução à personalização das cores de exibição da tela de 10 polegadas localizada no quadro de instrumentos, em frente ao condutor. O sistema multimídia Renault Easy Link permite conectar o smartphone e espelhar aplicativos via Apple CarPlay e Android Auto.

•Painel de bordo: totalmente redesenhado, o painel de bordo adota um novo revestimento que é ao mesmo tempo suave, macio e com qualidade premium. No centro, a faixa horizontal que emprega o tecido dos revestimentos internos contribui para criar uma atmosfera aconchegante e confortável. Disposição, escolha dos materiais, integração das diferentes telas: todo o painel de bordo foi revisto para melhorar a qualidade dos acabamentos.

•Revestimentos internos provenientes da economia circular: no acabamento Zen, o novo Zoe E-Tech inaugura revestimentos internos de tecido 100% proveniente de reciclagem. Neste projeto, a Renault se baseia em um processo tradicional de fabricação da cardagem do fio, que permite obter um tecido de qualidade sem fusão nem transformação química. Este fio é concebido a partir de refugos têxteis (aparas de tecidos provenientes do corte de tecidos novos), cintos de segurança e garrafas plásticas (PET). O tecido constitui uma inovação na indústria automotiva. Seu fornecimento e fabricação em ciclo curto, de acordo com os conceitos da economia circular, reduzem em mais de 60% as emissões de CO2 associadas. Este tecido também reveste a faixa do painel de bordo e a base do console central.

•Peças aparentes em plástico reciclado: quatro peças do interior são integralmente feitas com polipropileno reciclado. Até agora, a integração de materiais sintéticos reciclados era quase exclusivamente reservada aos elementos não visíveis do carro.
•Alavanca de modo de condução “e-shifter”: o console central mais alto recebe a nova alavanca de modo de condução com comando eletrônico. O pomo do e-shifter é revestido em couro. As laterais têm acabamento cromado acetinado, enquanto o logo Z.E. recebe destaque na base. Com um simples toque, ele permite mudar de um modo de condução a outro, principalmente para aproveitar o novo modo que facilita a condução na cidade.

•Freio de estacionamento automático: o freio de estacionamento automático, presente em todas as versões de acabamento do novo Zoe, facilita ainda mais a condução. Além disso, ele libera o console central do espaço normalmente ocupado pela alavanca de freio de mão, o que oferece vantagens em termos de capacidade de armazenamento, em benefício dos ocupantes.

•Botão de partida do motor: graças ao cartão handsfree da Renault, uma simples pressão no botão de partida é suficiente para ligar o motor. O botão com friso cromado acetinado emprega a assinatura luminosa azul que destaca a identidade elétrica do veículo. O condutor se dá conta desta atenção ao detalhe ao se aproximar do novo Zoe E-Tech com o cartão handsfree no bolso, sendo recebido por uma sequência de sinais luminosos, o retorno automático dos retrovisores rebatidos à posição de funcionamento e o destravamento das portas.

•Espaço para objetos: o console central abriga porta-objetos duas vezes mais espaçosos. Os dois porta-copos localizados abaixo da alavanca e-shifter acomodam copos térmicos, garrafas e latinhas.

•Ar-condicionado e ventilação: as regulagens dedicadas ao conforto térmico no console central oferecem o máximo de ergonomia. Elas são facilmente identificadas, graças ao revestimento cromado acetinado, que também é encontrado nas saídas de ar do painel.

•Para-brisa acústico: o novo para-brisa acústico aumenta o silêncio no interior. Da mesma forma que outras otimizações realizadas, como os isolantes acústicos nos painéis das portas, sob os bancos dianteiros e no anteparo do compartimento do motor, a qualidade acústica do vidro do para-brisa reduz significativamente os ruídos provenientes do lado de fora. A estes atributos se acrescentam a ausência de ruído de funcionamento do motor elétrico.

•Habitabilidade traseira: graças à plataforma concebida especificamente para um carro elétrico, o novo Zoe E-Tech não tem limitações de projeto, como uma elevação central proeminente.

•Ergonomia no acesso aos comandos: o painel da porta, o local para acomodar os controles dos vidros e dos retrovisores elétricos com rebatimento automático foi repensado.

•Lâmpada de teto de LED: assim como a iluminação do lado de fora, agora a iluminação interna também tem tecnologia full LED. A lâmpada de teto promete melhor visibilidade.

Autonomia e recarga
O novo Zoe E-Tech se beneficia de uma bateria Z.E. 50 que permite uma autonomia de até 385 quilômetros. Ela também permite uma recarga rápida com corrente contínua, complementando todas as opções de recarga possíveis com corrente alternada, tanto em casa como em locais públicos.

Após o lançamento da bateria Z.E. 40 na geração anterior, a Renault diz ter continuado o trabalho de aprimoramento do desempenho das baterias. Este trabalho resultou em um acréscimo de 25% na autonomia da bateria Z.E. 50 do novo Zoe E-Tech, que agora conta com 52 kWh e chega a 385 quilômetros.

O aumento da capacidade energética não resultou em qualquer mudança no tamanho da bateria. A nova bateria Z.E. 50 também proporciona uma nova vantagem: a capacidade de entregar uma corrente de intensidade maior, que contribui para a performance do novo motor R135.

O novo Zoe E-Tech se beneficia também de uma funcionalidade de recarga sem equivalentes. O número de eletropostos em áreas públicas tem aumentado e o Zoe tem capacidade para aproveitar o melhor de cada terminal AC até 22 kW.

Desde que foi lançado, segundo a francesa, o Zoe é o veículo elétrico que se recarrega mais rápido em postos de recarga. Em vez de utilizar dois circuitos elétricos diferentes para a recarga e a tração, a Renault conseguiu reunir as duas operações com a mesma eletrônica, para obter uma recarga flexível, mantendo os custos sob controle.

Agora, uma novidade passa a complementar este atributo: o novo Zoe inclui uma opção de recarga com corrente contínua (DC). Instalado entre o grupo motopropulsor elétrico e a bateria, este sistema permite fazer uma recarga de até 50 kW da bateria em terminais DC. Esta nova opção de recarga se adapta aos trajetos mais longos, principalmente em rodovias.

 

Clique na imagem para abrir a galeria
Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais