Jocélio Leal
clique para exibir bio do colunista

Redator do blog e coluna homônimos, diretor de Jornalismo da Rádio O POVO/CBN e CBN Cariri, âncora do programa O POVO no Rádio e editor-geral do Anuário do Ceará

Opinião

Grendene: lucro de R$ 129,2 milhões no tri

Com 11 fábricas em três estados brasileiros e 20 mil funcionários, a gaúcha Grendene triplicou o lucro líquido no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2020
FÁBRICA da Grendene em Sobral
FÁBRICA da Grendene em Sobral

A Grendene declarou lucro líquido de R$ 129,2 milhões no primeiro trimestre. Isto é 334,3% superior ao mesmo período de 2020, com receita bruta de R$ 644,3 milhões, 43% maior do que no ano passado. Em pares de calçados, foram vendidos 35,4 milhões, contra 26 milhões registrados no primeiro trimestre do ano passado. Aumento de 36,2%.

Do total, 27,3 milhões no Brasil. A receita líquida avançou em 40,6%, passando de R$ 372,2 milhões para R$ 523,3 milhões. Ante as restrições ao comércio, por conta da pandemia, ampliou os canais indiretos e de autosserviço (em crescimentos respectivos de 91% e 84%, em receita bruta).

Eis um motivo de preocupação para o varejo: se tornar menos importante. Em tempo: a Grendene inaugurou em Fortaleza o segundo centro de distribuição exclusivo para as vendas on-line. A gaúcha tem 11 fábricas - no Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul -, mais de 50 marcas e 20 mil funcionários. Em 2020, o lucro líquido calçou R$ 405,2 milhões.

Natural de Recife (PE), Roberto Wanderley Nogueira formou-se em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1980. É doutor em Direito Público, também pela UFPE, com pós-doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Foto: JULIANA GALVÃO - DIVULGAÇÃO
Natural de Recife (PE), Roberto Wanderley Nogueira formou-se em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1980. É doutor em Direito Público, também pela UFPE, com pós-doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

TRF-5

Novo desembargador

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) - cuja jurisdição inclui o Ceará - tem o desembargador federal Roberto Wanderley Nogueira como novo integrante. O pernambucano foi indicado à vaga pelo critério de antiguidade.

MICRO E PEQUENOS

BNDES suspende cobrança de empréstimos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) terá uma nova rodada de suspensão de pagamentos de empréstimos. É temporária. Atenderá os micro e pequenos de diferentes setores. O BNDES chega a eles por meio de bancos credenciados. Nesta nova colher de chá, a possibilidade de prorrogação do prazo total de financiamento em até 18 meses.

M.DIAS BRANCO

Piraquê já doou este ano 35 toneladas

A Piraquê, marca que o grupo cearense M. Dias Branco trabalha como nacional, faz doações a iniciativas sociais no Rio de Janeiro, sua sede. Um dos projetos é o Faixa Preta de Jesus. Recebe massas e biscoitos para as refeições e para as cestas básicas que são entregues às famílias. Na faixa. Este ano, já foram 35 toneladas de alimentos.

NOVO SECRETÁRIO

Célio Fernando, mercado e academia

Célio Fernando Melo, nomeado para a Secretaria Executiva de Modernização e Inovação para a Pós Pandemia, um braço da Casa Civil, entregou o comando da empresa dele, a BFA, ao sócio Raimundo Porto. Célio leva ritmo de setor privado para o Governo. Fala em integrar ações desenvolvidas e em curso no Ceará. "Juntamente com o Mercado e Academia e de forma acelerada", resume.

SISTEMA DE ENSINO

SAS tem mais de sete mil aprovados no SiSU

O SAS Plataforma de Educação se declara líder nacional em aprovações no SiSU (Sistema de Seleção Unificada) 2021, com mais de sete mil aprovados. Neste ano, as escolas parceiras do SAS tiveram 636 alunos em 1º lugar no primeiro processo seletivo. Foram mais de 3,8 mil estudantes entre os top 10 em todo o País. Fundado em Fortaleza, o SAS opera há 16 anos. Tem para mais de 900 escolas-clientes em todo o Brasil. É a primeira bandeira da Arco Educação, listada na Nasdaq.

Horizontais

Assentos - Na Gol, foram transportados 4,5 milhões de clientes no trimestre, uma queda de 46% versus o primeiro trimestre do ano passado. A receita líquida foi de R$1,6 bilhão, uma queda de 50% no mesmo intervalo comparado.

Prato feito - A categoria de pratos prontos será um dos focos de Sadia ao longo de 2021. Em 2020, a BRF, uma das maiores empresas de alimentos do mundo e dona da marca Sadia, teve crescimento de 31% frente a 2019 em pratos prontos. Oferecimento do Fique em Casa.

Mega - O concurso 2.367 da Mega-Sena pode pagar R$ 34 milhões hoje. O segundo sorteio da semana foi antecipado devido ao feriado do 1º de maio, amanhã. O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília).

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais