Logo O POVO Mais
Foto de Jocélio Leal
clique para exibir bio do colunista

Redator do blog e coluna homônimos, diretor de Jornalismo da Rádio O POVO/CBN e CBN Cariri, âncora do programa O POVO no Rádio e editor-geral do Anuário do Ceará

Dilemas do Brasil e do Brics com a Rússia

Brasil vive momento desconfortável ao ser sócio da Rússia no NBD, o banco do BRICS, o bloco que nunca se impôs como tal. Ademais, País se move de maneira errática, com divergências públicas entre presidente e vice
Tipo Opinião
A Presidente Dilma Rousseff recebe o presidente da Rússia, Vladimir Putin, para a VI Cúpula dos Brics em Fortaleza (Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil A Presidente Dilma Rousseff recebe o presidente da Rússia, Vladimir Putin, para a VI Cúpula dos Brics em Fortaleza (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

E eis que assistimos a uma guerra indireta entre EUA e Rússia em pleno 2022. Como mostra a cobertura do conflito, há cautela ao considerar uma 3ª Guerra Mundial iminente, embora todos os elementos estejam em campo. Há algum consenso de que os próximos passos russos e as respostas por parte da comunidade internacional irão desenhar o porvir. A posição da China é importante. A do Brasil não para o conflito, mas para si.

Sócio da Rússia no Brics, acrônimo para Brasil-Rússia-Índia-China-África do Sul, o País experimenta o dissabor da neutralidade pretendida. E em busca de um lugar confortável, comete uma sucessão de movimentos erráticos. A começar pelo presidente da República falando sério sobre sua suposta influência na retirada de tropas russas (pontual) quando de sua chegada a Moscou, há uma semana. Depois nas posições divergentes entre presidente e vice sobre a posição do País. De manhã, um escolhendo um lado e de tarde o outro desmentindo e citando a Constituição para dizer quem manda.

O Brics, a rigor, nunca foi um bloco. São no máximo sócios em um banco, o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD). As articulações dos membros são individuais. O banco teve a assinatura dos sócios fundadores em 2014. Foi histórica a VI Cúpula em Fortaleza, no Centro de Eventos. Dois anos depois, o NBD começou a operar. Em 2021, teve a adesão de dois novos membros: Bangladesh e o controverso Emirados Árabes Unidos. Egito e Uruguai ganharam acesso também. Agora, a propósito, o banco terá de decidir se contraria um sócio ou a comunidade internacional, onde capta recursos.

O artigo 44 da Declaração de Fortaleza, de 15 de julho de 2014, diz textualmente: "Expressamos nossa profunda preocupação com a situação na Ucrânia. Clamamos por um diálogo abrangente, pelo declínio das tensões no conflito e pela moderação de todos os atores envolvidos, com vistas a encontrar solução política pacífica, em plena conformidade com a Carta das Nações Unidas e com direitos humanos e liberdades fundamentais universalmente reconhecidos". Pois bem, o bloco...

Funcionários da Itapemirim paralisam atividades integralmente por tempo indeterminado como protesto aos atrasos recorrentes nos pagamentos de direitos trabalhistas (Foto: O POVO)
Foto: O POVO Funcionários da Itapemirim paralisam atividades integralmente por tempo indeterminado como protesto aos atrasos recorrentes nos pagamentos de direitos trabalhistas

TORNOZELEIRA NELE

Justiça afasta Piva da Itapemirim

Saiu no Diário Oficial de ontem a decisão da Justiça de São Paulo que destituiu Sidnei Piva de Jesus do comando da Viação Itapemirim, ainda em recuperação judicial. E mais: ordenou que Piva use tornozeleira eletrônica e entregue seu passaporte em até 24 horas. Ele responde por crimes contra as relações de consumo contra a Itapemirim Transportes Aéreos, a fracassada ITA. Camilo Cola Filho é o acusador. A família Cola fundou o grupo.

"Consta dos autos que o averiguado, valendo-se da condição de gestor de processo de recuperação judicial descrito na portaria de procedimento investigatório criminal vem, paulatinamente desde, pelo menos agosto de 2020, se apropriando de valores das empresas "recuperandas" para criar empresas paralelas, notadamente, no caso dos autos, a Itapemirim Aérea (grupo ITA), que gerou prejuízos milionários para, pelo menos 45.000 passageiros e inúmeros tripulantes que se viram despojados de seus direitos trabalhistas (art. 203 do CP)", diz um trecho da decisão da juíza Luciana Menezes Scorza.

Horizontais

Backup - A Unimed Fortaleza decidiu contratar a Scala, empresa do Grupo Stefanini, para estruturar uma nova política de backup de suas informações com a utilização de segurança integrada.

4 em 250 - A pesquisa "Os Poderosos do Varejo Global 2022", realizada pela Deloitte, aponta os 250 maiores varejistas do mundo com base em dados públicos disponíveis. No Brasil, quatro redes varejistas ficaram entre as 250 maiores do mundo: Magazine Luiza (195ª posição), Via Varejo (196ª), Lojas Americanas (247ª) e Raia Drogasil (249ª).

Balanço - O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, apresenta hoje, às 9h, o resultado financeiro do quarto trimestre de 2021.

Lançamento - Durante live exclusiva para corretores, pernambucana Moura Dubeux anunciou o primeiro lançamento de 2022 em Fortaleza: Platz (praça em alemão). Será no Cocó. Projeto do cearense Daniel Arruda.

 

Foto do Jocélio Leal

Informe-se sobre a economia do Ceará aqui. Acesse minha página e clique no sino para receber notificações.

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"