clique para exibir bio do colunista

Colunista e editor-chefe dos núcleos de Economia e Negócios do O POVO. Também é âncora da rádio O POVO-CBN e apresenta flashes na rádio CBN Cariri e em breve na rádio CBN Teresina. É o editor-geral do Anuário do Ceará e do Guia de Investimentos de São Paulo

JocelioLeal • NOTÍCIA

Cearenses vão à China e fecham negócios

O grupo foi à Canton Fair, a mega feira de negócios da China, em missão organizada pela Fiec Por

Fortaleza - Uma missão de empresários cearenses foi à China e voltou feliz com o resultado. Chegaram lá dia 19 e retornaram parte dia 1º e parte nesta terça-feira (5) com negócios fechados nas áreas de cosméticos, produtos de higiene, confecções, gráfica e mármore e granito. O grupo foi à Canton Fair, a mega feira de negócios da China, em missão organizada pela Fiec.

No segmento de cosméticos e produtos de higiene, o empresário José Dias, da Biomatika, disse ao Blog que o interesse foi importar material de embalagem, matérias-primas e máquinas & equipamentos.

Rosângela Linhares, da Bel Mármores e Granitos, disse que houve muitos contatos de diversos nichos. "Poderemos podemos participar da plataforma de vendas do Alibaba.com", disse o sócio da Bel, Belchior Ribeiro. Yiwu, a cidade com mais de 60 mil lojas para venda em atacado, também foi visitada.

Segundo José Dias, além do usual (comprar), os brasileiros pretendem vender para o país comunista. "Estamos negociando esta possibilidade via China Trade Center", afirmou

No segmento gráfico, a lista de compras tinha itens como papel auto adesivo e tintas, além de máquinas impressoras. Em confecções, papel e tintas para sublimação além maquinas & equipamentos também.

Duas das empresas do grupo eram a WU Perfumaria e Fragrance Brasil. O dono da WU, o colombiano Pablo Neira, e mais dois sócios estiveram na missão.

Franzé Dantas da Argus Estamparia têxtil, Sérgio Vinhas, da Scudetto; Jeivson Lucas do Armazém Mamoeiro e Luciano Aragão, da Aaron Etiquetas autoadesivas, eram alguns dos nomes.

Zezinho Dias em mesa de negociação na China
Zezinho Dias em mesa de negociação na China

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais