Foto de Jocélio Leal
clique para exibir bio do colunista

Redator do blog e coluna homônimos, diretor de Jornalismo da Rádio O POVO/CBN e CBN Cariri, âncora do programa O POVO no Rádio e editor-geral do Anuário do Ceará

Ataque de Roberto Jefferson é elogio, diz Lottenberg

Jefferson foi militante da "tropa de choque" do então presidente Fernando Collor. Tempos depois, foi condenado em 28 de novembro de 2012 a 7 anos e 14 dias de prisão julgado pelo STF por corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Fortaleza, CE, Brasil, 14-10-2016: Claudio Lottenberg, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein, fala sobre a saúde no Brasil. (Foto: Mateus Dantas / O Povo) (Foto: MATEUS DANTAS)
Foto: MATEUS DANTAS Fortaleza, CE, Brasil, 14-10-2016: Claudio Lottenberg, presidente do Hospital Israelita Albert Einstein, fala sobre a saúde no Brasil. (Foto: Mateus Dantas / O Povo)

São Paulo - Ante o ataque do ex-deputado Roberto Jefferson, esta tarde pelo Twitter, o médico Cláudio Lottenberg, cotado para ser ministro da Saúde, no lugar de Luiz Henrique Mandetta, comentou em círculos bem próximos: não poderia haver melhor elogio.

Na segunda-feira, Lottenberg convesara com O POVO em Live. Reveja aqui

Jefferson foi militante da "tropa de choque" do então presidente Fernando Collor. Tempos depois, foi condenado em 28 de novembro de 2012 a 7 anos e 14 dias de prisão julgado pelo STF por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

No Twitter, Jefferson afirma que Lottenberg seria uma má escolha por Bolsonaro, além de acusar o médico, presidente do Conselho da Sociedade Israelita Albert Einstein, de ter sido ingrato e desleal com o já falecido Edson Bueno, ex-dono da Amil.

Lottenberg presidiu a United Health, quando Edson Bueno já era minoritário na Amil.

Roberto Jefferson atacou Cláudio Lottenberg em postagem nesta quarta-feira à tarde
Roberto Jefferson atacou Cláudio Lottenberg em postagem nesta quarta-feira à tarde (Foto: REPRODUÇÃO TWITTER)

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais