clique para exibir bio do colunista

Colunista e editor-chefe dos núcleos de Economia e Negócios do O POVO. Também é âncora da rádio O POVO-CBN e apresenta flashes na rádio CBN Cariri e em breve na rádio CBN Teresina. É o editor-geral do Anuário do Ceará e do Guia de Investimentos de São Paulo

jocelio-leal • NOTÍCIA

"O amanhã aconteceu" na quarentena do cineasta Glauber Filho

É um romance que se passa nos anos 1940 em Fortaleza, São Paulo Estados Unidos e França. Além da trama em si, há referências que ele faz de Fortaleza, Paris, Nova York e São Paulo com fatos ocorridos no período Por
FORTALEZA, CE, BRASIL, 28-05-2015: Cineasta Glauber Filho.  Cinema: Novas formas de divulgação de filmes (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 28-05-2015: Cineasta Glauber Filho. Cinema: Novas formas de divulgação de filmes (Foto: Rodrigo Carvalho/O POVO)

Fortaleza - O cineasta e professor cearense Glauber Paiva Filho recomenda o livro "O amanhã aconteceu", de Ary Albuquerque para estes dias de quarentena. "É um romance que se passa nos anos 1940 em Fortaleza, São Paulo Estados Unidos e França. Além da trama em si, há referências que ele faz de Fortaleza, Paris, Nova York e São Paulo com fatos ocorridos no período".

O romance se passa sobretudo no período 1920/1946 e tem como protagonista Igor, um jovem de Fortaleza que se apaixona por uma moça de família paulistana quatrocentona.

"O Amanhã aconteceu", de Ary Albuquerque
"O Amanhã aconteceu", de Ary Albuquerque (Foto: DIVULGAÇÃO)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais