Foto de Ana Karina Frota
clique para exibir bio do colunista

Mestre em Ciência Política pela Universidade Clássica de Lisboa, Pós-graduada em Comércio Exterior pela Universidade Católica de Brasília, Presidente da Câmara Setorial de Comércio Exterior e Investimentos da Adece, Gerente do Centro Internacional de Negócios da FIEC, Membro do Conselho de Relações Internacionais da FIEC – CORIN.

Oportunidades de negócios com Portugal

Relações de parceria com o país europeu têm aberturas tanto na chegada dos estrangeiros quanto na ida dos cearenses para o mercado lusitano
Tipo Opinião
Voo que conecta o Ceará a Portugal já existe há mais de 20 anos e representa o tempo de negócios desenvolvidos entre os dois locais (Foto: Divulgação / TAP)
Foto: Divulgação / TAP Voo que conecta o Ceará a Portugal já existe há mais de 20 anos e representa o tempo de negócios desenvolvidos entre os dois locais

O Ceará iniciou há mais de vinte anos o seu voo direto Fortaleza – Lisboa – Fortaleza, operado pela companhia aérea TAP. Durante esse período, os números revelam que mais de duas mil empresas foram abertas por investidores portugueses no Estado. Essa informação confirma que o transporte aéreo atrai empresas de diversos portes e nos mais variados setores causando impacto direto no desenvolvimento econômico do Ceará.

A análise da série histórica das relações comerciais do país lusitano com o Estado evidencia um intercâmbio comercial ainda “tímido”. Mesmo estando estrategicamente bem localizado e com semelhanças culturais ou relativas à língua, é fato que existe um grande potencial estratégico a ser desenvolvido. Há espaço e oportunidades nos dois mercados.

Do outro lado, o governo português incentiva a compra de imóveis e a chegada de empresários e profissionais de diversas áreas. Recentemente, a Câmara Municipal de Lisboa lançou plano consistente para atrair empreendedores digitais estrangeiros.

O “Lisboa’s Growth Program”, visa apoiar empresas, startups ou empresários com um generoso pacote de benefícios de €500 mil. A expectativa é posicionar Portugal como a melhor opção de internacionalização de uma empresa na Europa.

Nesse contexto, as câmaras de comércio - sociedades civis, sem fins lucrativos, que promovem o comércio, indústria, turismo e cultura dos países que representam, assumem destacado protagonismo. Com o objetivo de fomentar o comércio bilateral, essas instituições ofertam serviços específicos para empresas interessadas em intercâmbio comercial e informam sobre as condições locais de negócios e regulamentos de comércio em vigor.

O Ceará possui um apoio importante para os cearenses que desejam realizar negócios com o citado país: Câmara Brasil Portugal do Ceará (CBPCE) é uma instituição relevante para o Estado. Localizada no prédio da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), a CBPCE ultrapassa duas décadas de valiosa atuação.

Outra oportunidade muito interessante para quem deseja migrar para Portugal é o “Visto Gold”, que concede a residência para quem investir a partir de € 500 mil na compra de imóveis no país e ainda, a possibilidade de cidadania portuguesa pela via dos judeus sefarditas.

A similaridade cultural, o estilo de vida com qualidade e a busca cotidiana por mais segurança incentivam diariamente empresários, investidores e profissionais a buscarem em Portugal novas oportunidades de negócios.

Iniciar a internacionalização da empresa/negócio por Portugal é uma alternativa inteligente, o país lusitano é um dos 27 membros da União Europeia.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais