Foto de Marcus Lage
clique para exibir bio do colunista

Marcus Lage sociedade

Happy few

Os respeitáveis organismos mencionados possuem colegiados compostos por aptos e independentes sufragantes. Personas abalizadas para a mercê da indicação. Seus laureados são referendados pelos honrosos históricos, que ratificam os porquês da conquista ao anelado lugar de cimeira
Nagel (Foto: Reprodução Facebook)
Foto: Reprodução Facebook Nagel

Desta feita, farei um paralelo entre outorgantes e outorgados. Zênites de um universo que exalta, e reconhece, as respeitadas marcas mundiais, negócios e agentes da cultura em geral. Falarei acerca de quatro votantes, e alguns de seus sufragados.

Os respeitáveis organismos mencionados possuem colegiados compostos por aptos e independentes sufragantes. Personas abalizadas para a mercê da indicação. Seus laureados são referendados pelos honrosos históricos, que ratificam os porquês da conquista ao anelado lugar de cimeira.

As inserções são concedidas com base num arcabouço: rígido, montado numa série de exigências, norteadas por espartanas regulamentações. Tarefa cuidadosa, uma vez que os poucos escolhidos* fazem parte de um segmento abonado, em constante crescimento e com capilaridade e poderosa capacidade empregatícia. Um exemplo foi o e-commerce, ascendente desde a pandemia.

Outras considerações, dão-se pelo trato com valores atemporais como a dança, o teatro, o conhecimento acadêmico e os zigurates, as moradas das musas. Quatro virtuoses da ode ao saber-fazer.

Começo com Les Hénokiens, fundação que mui dignifica negócios geridos por núcleos familiares há mais de 200 anos. Estes devem ser detentores da maioria acionária, uma premissa.

Enoque, que nomina livro apócrifo da Bíblia, era filho de Caim, e viveu 365 anos. Les Hénokiens completou 40 anos, em 2021.

Muito estranho para nós, cearenses, acostumados com o adágio 'pai rico, filho nobre, neto pobre'. No rol da membresia do seleto clube, insiro:

Hóshi - Um Ryokan, hospedaria típica japonesa, cujas fitas foram cortadas em 717 Depois de Cristo, no concelho de Komatsu. São 1.304 anos sob os cuidados da descendência dos Hóshi.

Sapatos não são bem-vindos. Ponha-os no genkan.

Mellerio Dits Meller - A joalheria, de 1613, afirma ser a mais antiga do Velho Mundo. Celebrada por suas tiaras, aigrettes, circlets, bandeaus e diademas, executados para os blue bloods da Europa e para o old money norte-americano.

Também atua no feitio de exonúmias, tendo por exemplo o troféu do Roland Garros.

Beretta - Italiana, fundada em 1526, por um ascendente, Bartolomeo Beretta, sobrenome que eponimiza o 'negozio'.

Além da famosa armaria, a Beretta também comercializa roupas e demais acessórios esportivos. No quadrilátero, vi sua parceria com a exclusivíssima Larusmiani. (Eu indico o Col du Pillon).

Vitale Barberis Canonico - A indústria têxtil funciona desde de 1663. Nome reconhecido e admirado desde o stile artigianale italiano ao made to measure, da Savile Row. Gera insumos de altíssima qualidade, sob a ética égide da sustentabilidade. Nas tramas da tecnologia, a VBC passou a lidar com o high-end, tecidos frios e inteligentes, para businessmen que viajam muito.

Em segundo vem o Comité Colbert, estabelecido em 1954, por Jacques Gerlain, surgiu com o fito de dignificar o fait a main, por meio de inserções na seleta grei. O colegiado do C.Colbert inclui também engloba organismos (17) engajados em propagar, praticar o conhecimento e a expertise com um mandamento sagrado. Outros bastiões do patrimônio imaterial. Em sua composição contamos 90 maisons e 6 membros da Comunidade Européia. Da grei:

Deviatet - Som essencial para audições absolutas. Suas caixas prometem, e cumprem, zero índice nas avalições de saturação, distorção e barulho de fundo. Passou no teste dos 9 dós, da Ah! Mes Amis, de Donizetti. Um must have para audiófilos, pela pureza sonora que oferece.

Mèriguet Carrère - É o templo da restauração. O atelier exerce um papel patrimonial de suma importância, pelo fato de respeitar o estilo, de quem o criou, sua originalidade e por deter conhecimento técnico para a execução de um perfeito retrofit.Na área em comento, temos muitos casos de crimes, em razão de restauros feitos por mãos inábeis, como o caso de alguns afrescos da Capela Sistina.

Por penúltimo temos a Entreprise du Patrimoine Vivan t- Esse é outro premiador do savoir faire d'excellence française , além do konw how industrial. Cataloga 281 ofícios A honraria traz a criteriosa chancela do Institut National des Métiers d'Art. Dentro do INMA existe uma outra categoria: o maître d'art elèves, que engloba o nicho de artistas, detentores do savoir-faire d'exception, o raro saber. Dentre os 'labellisées' com o EPV, falarei de dois:

Atelier Von Nagel - O elenquei pela atipicidade do artefato em série: um cravo. É um tipo de instrumento que difere-se do piano, pois pinça as cordas, não martela, por meio de garras de plástico. Pode ser chamado de clavecino. O bem temperado cravo é obra do artista é Reinhard von Nagel.

Casa Odiot - Sua abertura data do ano de 1690.Tempo em que iniciou-se a tradição de pôr os talheres virados para baixo, impedindo que os garfos se emaranhassem nas rendas das mangas dos comensais. Assinou a crockery da corte de Luis XV. O banho interno de vermeil era um plus, mas o crème eram os objetos em ouro.

Posicionado the last , but not the least, preitearemos o Royal Warrant Holders. A associação reúne os fornecedores da Casa Real de Windsor. Existe desde 1840, fundada pelo lorde Chamberlain. Reúne o 'upper crust' do polo industrial e comercial do Reino Unido. O número de Mandatos Reais oscila torno de 900, dentre lojas, fábricas e pessoas-físicas prestadoras de ofícios. As armas reais inglesas atrelam-se à logomarca empresarial em quastão, enquanto esta for associada, renovado, ou não, quinquenalmente. Cito:

Penhaligon's - Na minha opinião, a melhor perfumaria do Reino Unido. Apostem no Blemheim Bouquet. Churchill era pé quente. Bem ao gosto do utente londrino. Um pensador disse que ' o homem que se cansou de Londres, se cansou da vida.' Outro, muito em gosto, chama-se English Fern, com cheiro petrichor.

Launer - Falo por mim, pois a minha carteira, ainda indene, eu a tenho per saeculorum. As bolsas da rainha são feitas pela referida marrroquineria (since 1940). Aliás, o objeto é imprescindível para o desempenho do código secreto da monarca.(Sobre a mesa, indica que Elizabeth II partirá em cinco minutinhos. Se houve uma mudança de braço, significa que a rainha necessita mudar de interlocutor, interrompendo a conversa).As da Lilibeth são by request.

No artigo, tentei transmitir não só valores pecuniários, tampouco as aspirações por meio do consumo conspícuo, mas o storytelling por detrás das vitrines e do pano de boca, em especial deferência ao dom quintessencial da suprema artesania, um presente dos céus para mãos que os eternizam.
'Viste um homem diligente na sua obra? Será posto entre reis.' (.Provérbios 22;29)
 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais