Neila Fontenele
clique para exibir bio do colunista

Colunista de Economia, Neila Fontenele já foi editora da área e atualmente ancora o programa O POVO Economia da rádio O POVO/CBN e CBN Cariri.

Opinião

Crédito: mais de R$ 8 bi para a economia cearense

Banco do Nordeste
Banco do Nordeste

Ocrédito continua sendo uma das molas necessárias para manter a economia funcionando, principalmente neste período de pandemia. Em 2020, apesar do lançamento de um programa subsidiado, muita gente teve dificuldade de conseguir financiamento. Este ano há negociação para a liberação de linhas de crédito com recursos para setores específicos, como bares e restaurantes, mas nenhuma decisão foi tomada até agora.

Independentemente da aprovação deste tipo de decisão do Governo Federal, no Ceará, o Banco do Nordeste pretende superar os valores investidos em 2020. O superintendente estadual do BNB, Rodrigo Bourbon, explica que a instituição injetou R$ 8 bilhões no ano passado.

Para 2021, a meta é simplificar e digitalizar os processos para facilitar o acesso das empresas. Somente em janeiro e fevereiro, foram aplicados mais de R$ 500 milhões no estado. Segundo Bourbon, há uma avaliação das liberações mês a mês. "A meta para o Ceará gira em torno de R$ 4 bilhões somente com recursos do FNE", acrescenta ele.

Os recursos são direcionados a vários segmentos, desde o microcrédito até a área de infraestrutura.

Flávio Gomes, diretor da Ceará Stone
Foto: Divulgação
Flávio Gomes, diretor da Ceará Stone

Rochas

GRANITO CEARENSE EM MUSEU CHINÊS

A Ceará Stones, empresa especializada na produção de rochas ornamentais, com jazida em Santa Quitéria, fechou contrato com grupo chinês para o fornecimento de granito branco para a obra Shanghai Museum. O diretor da companhia, Flávio Gomes, conta que o produto será enviado para a região de Huangpu, um distrito do núcleo urbano tradicional em Shanghai. O volume da exportação gira em torno de três mil metros cúbicos do produto.

Edital

FUNCAP E CEGÁS

A Funcap e a Companhia de Gás do Ceará (Cegás) lançam hoje edital destinado ao incentivo de projetos inovadores na área de gás. O objetivo é melhorar o serviço de fornecimento de gás natural no estado. As propostas serão aprovadas até junho, seguindo um cronograma para cada etapa. O investimento total é de R$ 600 mil.

Coronavírus

DESDOBRAMENTOS DA CRISE

A Lendico, fintech especializada em empréstimo pessoal online, fez um levantamento que mostra como a pandemia afetou a área de crédito. Pelo estudo, 43,4% dos respondentes da pesquisa informaram a busca de empréstimo devido a questões geradas pela pandemia. Detalhe: 70% dos entrevistados solicitaram um empréstimo pela primeira vez. Para a amostragem, foram ouvidas 800 pessoas durante o mês de janeiro.

Energia

FRENTE PARLAMENTAR

O Sindicato das Indústrias de Energia e de Serviços do Setor Elétrico do Estado do Ceará (Sindienergia-CE), junto com o deputado federal Danilo Forte (PSDB-CE), articula a criação da Frente Parlamentar de Energias Renováveis na Câmara dos Deputados. O objetivo é discutir e defender os temas de interesse do setor.

No último domingo (21), houve reunião entre o parlamentar, o presidente do Sindienergia, Luís Carlos Queiroz, e os diretores Hanter Pessoa, Daniel Queiroz e Ricardo Correia para iniciar as discussões. A previsão é de que a frente seja implantada em março.

Comércio

PREOCUPAÇÃO COM A RENDA

A pesquisa apresentada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), e que aponta o indicador de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), mostra alguns dados preocupantes - entre eles, a insegurança do consumidor em relação à sua renda. Os estudos revelam que 40,5% das famílias consideraram sua renda pior que a do ano passado. Em relação ao acesso a crédito, a proporção das famílias que acreditam que comprar a prazo está mais difícil é de 40,2%. Esse é um alerta importante sobre a necessidade de um programa que ajude a sustentar a economia nesse período de dificuldades.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais