Logo O POVO Mais
Foto de Neila Fontenele
clique para exibir bio do colunista

Colunista de Economia, Neila Fontenele já foi editora da área e atualmente ancora o programa O POVO Economia da rádio O POVO/CBN e CBN Cariri.

Cegás estuda experiência holandesa de distribuição de hidrogênio

Cegás estuda a possibilidade de utilização da rede existente, de distribuição de gás canalizado, para levar o hidrogênio verde a diversos tipos de consumidores no estado
Tipo Opinião
Hugo Figueiredo, diretor-presidente da Cegás (Foto: AURÉLIO ALVES)
Foto: AURÉLIO ALVES Hugo Figueiredo, diretor-presidente da Cegás

O presidente da Companhia de Gás do Ceará (Cegás), Hugo Figueirêdo, esteve na comitiva do governo do estado na Holanda e na Alemanha para tratar dos projetos de hidrogênio verde. Um dos pontos observados pela missão foi referente à logística: a empresa cearense estuda a possibilidade de utilização da rede existente, de distribuição de gás canalizado, para levar o hidrogênio verde a diversos tipos de consumidores no estado.

Figueirêdo considerou positivo o resultado da missão na Holanda. Entre os pontos destacados está o encontro com o diretor da Gasunie, René Schutte. A empresa é considerada a maior transportadora e distribuidora de gás natural e hidrogênio da Holanda, com atuação também na Alemanha.

O presidente da Cegás buscou conhecer as experiências da Gasunie na distribuição de hidrogênio através de gasodutos dedicados, assim como sobre a injeção de hidrogênio na rede de gás natural.

Outro destaque dos encontros na Holanda foi o contato junto à Shell, quando foi discutida a possibilidade de instalação de uma unidade de produção de H2V no Ceará.

Ou seja: a semana foi de trabalho para tornar o Ceará apto a participar dessa cadeia de produção de hidrogênio verde. Esse é um segmento de grande perspectiva e com potencial de reduzir a pegada de carbono de atividades consideradas críticas, como as de transporte de carga e da indústria pesada.

Presidente da Embrapa, Celso Moretti(Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação Presidente da Embrapa, Celso Moretti

Bate-pronto

EMBRAPA DESENVOLVE MAPA DE CARBONO ORGÂNICO

O presidente da Embrapa, Celso Moretti, que esteve em Glasgow, na Escócia, participando da COP26 no painel "Carbono orgânico no solo - oportunidades e desafios", destacou os projetos desenvolvidos pela empresa.

Em entrevista ao Guia Econômico, da Rádio O POVO/CBN, ele ressaltou os investimentos em ciência dos solos como fundamentais para transformar esse recurso natural no país e fazer com que o Brasil seja líder em agricultura tropical no mundo.

Como tem sido o trabalho da Embrapa em relação aos carbonos orgânicos nos solos?

Celso Moretti - O Brasil se transformou nessas últimas cinco décadas e deixou a posição de País que importava alimentos, na década de 1970, para ser um dos maiores produtores de alimentos, fibras e bioenergia do mundo. Fizemos essa transformação graças ao investimento robusto e consistente em pesquisa, desenvolvimento e inovação agropecuária. É importante que todos saibam que o Brasil é o único País do mundo do cinturão tropical que conseguiu fazer essa transformação e a Embrapa esteve no centro dessa transformação. O Ceará tem duas unidades da Embrapa: uma em Fortaleza (a Embrapa Agroindústria Tropical) e outra em Sobral (a Embrapa Caprinos e Ovinos). O Brasil é um dos países do mundo com maior reservatório de carbono orgânico no solo. São 36 bilhões de toneladas de carbono orgânico no solo.

E o que é exatamente esse carbono orgânico no solo?

Celso Moretti - O carbono está na matéria orgânica, nas raízes que ficam no solo em decomposição ou em qualquer tipo de matéria orgânica, seja de origem animal ou vegetal. Quando o carbono é incorporado no solo, ele contribui para que esse material não vá para a atmosfera e não cause efeitos de mudanças climáticas. Os solos em todo o mundo representam uma das maneiras para se reduzir a emissão de gases de efeito estufa. A agricultura é parte da solução dos problemas das mudanças climáticas, não parte do problema.

A Embrapa pretende ampliar os estudos nessa área para os próximos anos?

Celso Moretti - Sim. Acabamos de lançar o mapa de carbono orgânico nos solos brasileiros. Vimos que principalmente na Amazônia, como já era esperado, temos uma grande quantidade de massa verde e, apesar da chuva e da temperatura elevada, há um grande reservatório de carbono, bem como no Sudeste. Queremos avançar nos estudos: o solo é um ente vivo, com microrganismos que ajudam as plantas a se desenvolverem.

 

Beneficiamento de acerola em Ubajara(Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação Beneficiamento de acerola em Ubajara

IBIAPABA TERÁ PLANO DE DESENVOLVIMENTO

2030- 1

A região da Ibiapaba, responsável por boa parte do abastecimento do estado em frutas e hortaliças, e com grande potencial turístico e comercial, ganhará um plano estratégico até 2030.

Há uma articulação de empresários, através do programa Liderança para o Desenvolvimento Regional (Lider), que lançará uma agenda estratégica no próximo dia 11, às 17 horas, em Guaraciaba do Norte.

O programa é uma iniciativa do Sebrae, com propostas de qualificação de integração de pessoas e instituições. O empresário Paulo Wagner Aguiar Costa, uma das lideranças empresariais do município de Ubajara, afirma que o trabalho passa pela formulação e implantação do processo de desenvolvimento com mecanismos de sustentação para a criação de um ambiente favorável aos pequenos negócios, à elevação da competitividade e à inovação.

O programa Lider abrange os municípios de Carnaubal, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Ipu, São Benedito, Tianguá, Viçosa do Ceará e Ubajara e tem três pilares: estruturação do turismo; desenvolvimento de setores produtivos, com ênfase no agronegócio, indústria e comércio; e valorização das sustentabilidades ambiental, econômica e social.

2030 -2

IMPACTO DA DISPUTA COM O PIAUÍ

A disputa judicial entre Ceará e Piauí por parte da região da Serra da Ibiapaba tem gerado preocupações. Caso o Piauí vença a disputa, o Ceará perderá uma população de aproximadamente 245 mil pessoas, com uma estrutura montada em escolas, postos de saúde e estradas. Para as empresas, também surgirão problemas com o pagamento de ICMS que será destinado a outro estado, complicando um pouco mais a gestão para quem estava acostumado a negociar com parceiros locais.

Apresentação do Ceará na Web Summit Lisboa 2021(Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação Apresentação do Ceará na Web Summit Lisboa 2021

Lisboa

CEARÁ NA WEB SUMMIT

O estado do Ceará foi apresentado na Atlantic Hub, localizada em Portugal, durante a Web Summit Lisboa 2021. A missão, iniciada no dia 30 de outubro, termina hoje com resultados positivos: o presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, Armando Abreu, destaca o apoio aos pequenos e médios empresários, tanto do lado do Brasil quanto do lado de Portugal. "Eles sabem da importância das Câmaras de Comércio no seu relacionamento como um todo, e principalmente na internacionalização dos negócios".

Recuperação judicial 1

AUMENTO DOS PEDIDOS

O Indicador de Falências e Recuperação Judicial da Serasa Experian, relativo ao mês de agosto, já registrava o maior número de pedidos de recuperação judicial desde o começo de 2021. Foi percebido, na época, que a maioria dessas entradas eram referentes ao segmento do comércio (43,2%). As micro e pequenas empresas foram as que mais sofreram, com um total de 60 requisições.

Recuperação judicial 2

ALTERNATIVA PARA A CRISE

O advogado empresarial, especialista em Recuperação Judicial, Rafael Abreu, explica que esse aumento considerável está relacionado a três fatores: inflação crescente, crise hídrica e questões políticas. "As empresas que estavam se reerguendo com o relaxamento das medidas restritivas estão agora procurando alternativas como a Recuperação Judicial".

Breves

SUPERMERCADOS - Os Mercadinhos São Luiz inauguraram ontem, no Eusébio, sua vigésima terceira loja no estado. O empreendimento tem mais de 2.300 m² de área, das quais 1.548 m² de salão de vendas. O diretor-presidente do São Luiz, Severino Ramalho Neto, explica que, em 2016, a meta do São Luiz era duplicar o faturamento até 2020, e este ciclo de crescimento está sendo concluído agora.

STARTUP AWARDS - A startup cearense HubLocal é uma das três finalistas da Startup Awards 2k21. O evento, promovido pela Associação Brasileira de Startups, prestigia os agentes mais importantes no cenário de empreendedorismo digital.

GUIA - O Sinduscon Ceará lançará na próxima terça-feira, às 18 horas, na Fiec, o "Bim Colaborativo Ceará: Guia de Boas Práticas para a Iniciação de Pequenas e Médias Empresas no Bim". O Guia é resultado de consultoria realizada com o patrocínio do SESI-CE.

SELEÇÃO - A Dell está com inscrições para cursos gratuitos de tecnologia e idiomas, com acessibilidade para pessoas com deficiência. São mais de mil vagas nos cursos online do Programa Gratuito de Qualificação Acessível Profissional. O programa é resultado da parceria entre o Lead - Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Dell, o Instituto Desenvolvimento Estratégia e Conhecimento (Idesco), Universidade Estadual do Ceará (Uece) e Sesa.

 

Foto do Neila Fontenele

Trago para você o fato econômico e seu alcance na vida comum do dia a dia. Acesse minha página e clique no sino para receber notificações.

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"