clique para exibir bio do colunista

Colunista de Economia, Neila Fontenele já foi editora da área e atualmente ancora o programa O POVO Economia da rádio O POVO/CBN e CBN Cariri.

NeilaFontenele • Opinião

Turismo como locomotiva do País

Por

Os gastos com eventos movimentam aproximadamente R$ 210 bilhões ao ano no Brasil, representando 4,6% do Produto Interno Bruto (PIB); mas falta reconhecimento e mais incentivos ao segmento.

Ontem, durante o congresso Eventos Brasil, realizado em Fortaleza, foi feito um diagnóstico do que é necessário para a expansão das atividades. Várias sugestões foram oferecidas, entre elas: a criação de sindicatos; a aplicação de mais recursos; e o desenvolvimento da cadeia produtiva para a captação de negócios no interior.

Não há mais dúvidas sobre os resultados da atração de congressos e feiras, que ajudam a manter a ocupação da rede hoteleira durante o ano, principalmente nas época de baixa temporada de férias.

O presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur), Alexandre Sampaio, participou do evento e destacou seu otimismo. Ele explica que o governo federal também está alinhado com o setor. Na sua avaliação, há um trabalho para a captação de mais voos e liberação de vistos que devem impulsionar a área de turismo e, consequentemente, a captação de feiras e congressos.

"O turismo será a locomotiva de recuperação do País, da empregabilidade e do investimento do exterior", acrescenta.

Luiz Gastão Bittencourt
Luiz Gastão Bittencourt (Foto: Divulgação)

Mercado corporativo 

SETOR PODE GANHAR FINANCIAMENTO

O setor de eventos deve passar a contar com financiamento específico para a atividade. Ontem, o vice-presidente Administrativo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Luiz Gastão Bittencourt, informou sobre negociação com o Banco do Nordeste com o objetivo de destinar uma parcela dos recursos para financiar os projetos do segmento.

A CNC também passará a financiar pesquisas sobre os resultados do mercado corporativo do turismo.

Plantas arquitetônicas

ENTREPOSTOS DE OVOS

O projeto de criação de entrepostos de ovos, idealizado pelo presidente do Sindicato das Indústrias da Alimentação e Rações Balanceadas do Ceará (SindiAlimentos), André Siqueira, está disponível para o pequeno produtor na sede da entidade. A liberação da planta arquitetônica é gratuita, com a apresentação do memorial descritivo da construção e abatedouros previamente aprovados pelos órgãos responsáveis, o que facilita a regulamentação.

UTE Pecém

TESTE DE SISTEMA INTELIGENTE

A UTE Pecém está testando um sistema inteligente de gestão e manutenção de ativos, utilizando realidades aumentada e virtual. O projeto da EDP Brasil, realizado no Ceará e na UHE Lajeado, no Tocantins, representa um investimento de R$ 4,2 milhões e deve durar 30 meses.

Integração

PACTO PELO SANEAMENTO

O Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da Assembleia Legislativa lança, na próxima sexta-feira, às 9 horas, no Auditório Murilo Aguiar, o Pacto pelo Saneamento Básico. Objetivo: integrar as políticas públicas de saneamento para universalizar os serviços.

Reforma tributária

QUAIS AS ALTERNATIVAS ?

As propostas de reforma tributária e seus impactos geram muitas dúvidas. Por essa razão, o Sindicato dos Auditores Fiscais do Ceará (Sindifisco/CE) resolveu realizar seminário sobre o assunto e tratar das alternativas para um país mais justo. O evento ocorrerá no dia 9 dezembro, no auditório do Ministério da Economia, a partir de 9 horas.

Frase

"As invenções são sobretudo resultado de um trabalho teimoso"

Alberto Santos-Dumont (1873-1932), aeronauta e inventor

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais