Raone Saraiva
clique para exibir bio do colunista

Editor-executivo de Economia, é especialista em Teorias da Comunicação e da Imagem pela Universidade Federal do Ceará e mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. É vencedor de vários prêmios de jornalismo, como o Petrobras, Anac e ABCR.

NOTÍCIA

12 dicas para economizar gás de cozinha nas ceias de Natal e Ano-Novo

Especialistas do Chama, aplicativo que compara os preços do gás de cozinha nos estabelecimentos próximos da casa do usuário, orientam sobre como fazer o botijão de gás render mais
Com o botijão mais caro no Brasil, dicas para economizar gás de cozinha durante o preparo da ceia são fundamentais
Com o botijão mais caro no Brasil, dicas para economizar gás de cozinha durante o preparo da ceia são fundamentais

Especialistas do Chama, aplicativo que compara os preços do gás de cozinha nos estabelecimentos próximos da casa do usuário, reuniram 12 dicas que ajudam o consumidor a fazer o botijão durar mais e economizar, principalmente, durante o preparo das ceias de Natal e Ano-Novo.

| LEIA TAMBÉM | Preço do botijão de gás sobe no Ceará e já pode ser encontrado por R$ 90

Confira as 12 dicas para economizar gás de cozinha nas ceias de Natal e Ano-Novo

1. Fique atento ao peso do peru: o peso do alimento impacta no tempo de preparo, portanto seja preciso quanto ao número de pessoas que participarão da ceia. Isso evitará assar um peru maior do que o necessário e gastar mais gás.

2. Aqueça previamente o forno pelo tempo necessário: alguns alimentos, como assados, requerem o preaquecimento do forno, mas não é preciso fazer isso por um longo período. Geralmente, 10 minutos antes a 200 ºC fará com que a temperatura fique média e ideal para boa parte dos alimentos.

3. Use panelas proporcionais à boca do fogão: o uso da panela deve ser equivalente ao tamanho da boca do fogão ou há desperdício de gás, pois parte do calor gerado acaba passando para o ar, e não para a panela.

4. Use o vapor: enquanto cozinha outros alimentos, é possível utilizar o vapor do preparo colocando uma escorredeira metálica sobre a panela para cozinhar legumes.

5. Atenção com as chamas: se elas surgirem amareladas ou alaranjadas, é sinal que os bocais não estão funcionando devidamente, algo que implica no maior gasto de gás. O ideal é que as chamas sejam azuis.

6. Use a tampa da panela: o preparo de pratos como macarrão, por exemplo, permite que o cozimento seja feito com o fogo desligado ao usar a tampa. Para isso, basta deixar a água ferver, adicionar a massa, desligar o fogo e tampar.

7. Desapegue das panelas velhas: a música diz que "panela velha é que faz comida boa", mas não alerta sobre a conta do gás. Panelas com fundos tortos e gastos ajudam a desperdiçar gás e, por isso, vale a pena investir em trocá-las. Dê preferência às panelas de materiais como inox de fundo triplo, elas distribuem e mantém o calor por mais tempo. Isso acelera o tempo de cozimento.

8. Forno fechado e cheio: abrir e fechar a porta do forno muitas vezes é a receita para o desperdício de gás. Tente observar os alimentos utilizando a luz interna e, sempre que possível, asse mais de um alimento ao mesmo tempo.

9. Janelas fechadas na cozinha: correntes de ar diminuem a potência das chamas e, assim, aumentam o tempo necessário de cozimento. Por isso, na hora de cozinhar, feche portas e janelas.

10. Use a panela de pressão: se a receita permitir, não se acanhe e faça uso da panela de pressão. Além de mais econômica, ela acelera o cozimento e potencializa o tempero dos alimentos.

11. Corte em pedaços menores: alimentos cortados em partes pequenas cozinham mais rápido, fazendo com que o gás seja menos utilizado.

12. Celular na mão: Acabou o gás? Não esquente e use o aplicativo Chama, que é gratuito, para descobrir o melhor preço no seu bairro.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais