Raone Saraiva
clique para exibir bio do colunista

Editor-executivo de Economia, é especialista em Teorias da Comunicação e da Imagem pela Universidade Federal do Ceará e mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. É vencedor de vários prêmios de jornalismo, como o Petrobras, Anac e ABCR.

NOTÍCIA

Ceará deve retomar produção do buggy Fyber com investidor alemão

Segundo Maia Júnior, titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará, investidor comprou licença da marca e quer negociar a instalação de uma fábrica no Estado
Primeiro buggy da Fyber foi produzido no Ceará em 1984
Primeiro buggy da Fyber foi produzido no Ceará em 1984

Na semana em que a Ford anunciou o fechamento de suas fábricas no Brasil, incluindo a unidade da Troller no Ceará, no município de Horizonte, o Governo do Ceará informa que o buggy Fyber poderá voltar a ser produzido no Estado. Segundo o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Maia Júnior, um investidor alemão está interessado em negociar a instalação de uma montadora e retomar as atividades.

Sem revelar nome da empresa, até por conta do processo inicial de negociação, o secretário diz apenas que recebeu a ligação do investidor na manhã desta quarta-feira, 13. "Esse investidor já comprou a licença do buggy Fyber, para produzir na Alemanha. Foi uma conversa muito positiva, e ele deve marcar para vir ao Ceará se reunir comigo. Se todos os contatos avançarem, vamos reanimar a fábrica da Fyber, o melhor buggy que o Estado teve na sua história. A retomada dessa produção seria algo maravilhoso", diz.

Histórico da marca

A Fyber Indústria e Comércio Ltda. foi fundada em Fortaleza, em 1974, pelos irmãos Agliberto e Rogério Farias, com o objetivo de produzir artefatos de fibra de vidro. Em 1981, a empresa passou a produzir buggies, lançando o Duna’s. As unidades foram fabricadas até 1984, quando foi introduzido no mercado o novo modelo, o Fyber 2000.

Porém, a Fyber entrou em falência em 1995. Em 2003, no entanto, a fabricação dos buggies foi retomada pela também cearense Peixoto Veículos, de propriedade de Hiderlandson Peixoto, que já havia sido revendedor exclusivo da marca por 12 anos. (Colaborou Irna Cavalcante)

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais