clique para exibir bio do colunista

Editor-executivo de Economia, é especialista em Teorias da Comunicação e da Imagem pela Universidade Federal do Ceará e mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. É vencedor de vários prêmios de jornalismo, como o Petrobras, Anac e ABCR.

RaoneSaraiva • NOTÍCIA

Restaurantes fecham as portas e colocam culpa em obra do Metrofor

Localizados na rua Nunes Valente, na Aldeota, Oui Bistrô e Tango só vão funcionar até o dia 21 deste mês. Empresas alegam que a suspensão das atividades estão ligadas aos transtornos causados pela obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza Por

Os restaurantes Oui Bistrô e Tango fecharão as portas no próximo dia 22 de fevereiro (sábado). Localizados na rua Nunes Valente, no bairro Aldeota, em Fortaleza, as empresas alegam que a suspensão das atividades estão ligadas aos transtornos causados pela obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. O atendimento seguirá até o jantar do dia 21 (sexta-feira). 

"Dividimos os méritos de nossas conquistas com nossa dedicada equipe. Vamos em frente. Que nossas despedidas sejam um eterno reencontro" Oui Bistrô e Tango, em comunicado

Há dez anos no mercado, os restaurantes informam que não estão conseguindo receber os clientes da forma como gostariam. "Por esse motivo daremos uma pausa. Agradecemos a todos que sempre nos quiseram bem e nos apoiaram em todos os momentos. Dividimos os méritos de nossas conquistas com nossa dedicada equipe. Vamos em frente. Que nossas despedidas sejam um eterno reencontro", diz as empresas em comunicado. 

As obras da Linha Leste, que deveriam ter sido concluídas em 2018, é marcada por paralisações devido a problemas em consórcio e reformulação no projeto. Foram retomadas pelo Governo do Ceará no fim do mesmo ano. Agora, a previsão é que os serviços do equipamento sejam concluídos em 2022. Orçado em R$ 1,85 bilhão, o equipamento ligará os bairros Centro e Papicu e conta com investimentos do Governo Federal, do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e do Tesouro.

| FIQUE POR DENTRO | Conheça o projeto da Linha Leste do Metrofor

A primeira fase da Linha Leste terá 7,3 quilômetros de extensão e contará com uma estação de superfície (Tirol) e outras quatro subterrâneas (Chico da Silva, Colégio Militar, Nunes Valente e Papicu). O empreendimento será integrado à Linha Sul, no Centro, ao VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) Parangaba-Mucuripe e ao terminal de ônibus do Papicu. Após concluído, terá capacidade para transportar até 150 mil passageiros por dia. O tempo de viagem entre o Centro e o Papicu será de 15 minutos.


Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais