Sérgio Redes
clique para exibir bio do colunista

O ex-jogador Sérgio Redes, ou

NOTÍCIA

Vida de técnico

Acabou o primeiro turno. Dos 20 clubes que disputam o Campeonato, 14 já trocaram de técnicos, sendo que Coritiba e Goiás já estão no terceiro. Grêmio, São Paulo, Atlético Mineiro, Santos, Fluminense e Ceará permanecem com o mesmo técnico.

À exceção do Ceará, que faz campanha apenas regular, os outros seis brigam pelo título de campeão ou por uma vaga na Copa Libertadores da América, donde se conclui que ficar trocando de técnico no meio de uma competição não é bom negócio para clube nenhum.

Impulsionados pela transação que fez Rogério Ceni sair do Fortaleza e se transferir para o Flamengo, os comentaristas das mesas esportivas de rádios e televisões passaram o inicio desta semana esticando o assunto. Pode até ser legal, mas não é ético dizia um.

Tudo porque o Rogério Ceni tinha declarado para todos verem e ouvirem que ficaria no Fortaleza até o final do Campeonato. Palavras ao vento! Desconfie quando um diretor diz que o técnico está "prestigiado" ou quando um técnico diz que vai cumprir seu contrato até o fim.

É para isso que existe uma multa rescisória, que protege tanto o clube quanto o técnico. Teve gente que falou que deveria ser criado um regulamento que obrigasse os clubes a manterem o técnico mesmo que a campanha fosse ruim. Impossível segurar uma torcida furiosa.

A chegada de um novo técnico sempre gera expectativa. O ritual é conhecido. O sujeito chega, dá entrevistas e é apresentado aos jogadores. Não tem tempo nem de treinar a equipe e estreia. Enquanto vai vencendo, voa como se estivesse num céu de brigadeiro.

Duas ou três derrotas seguidas. Rua! Se o planejamento do clube determinava o perfil do técnico e não foi cumprido não interessa. O que interessa é a realidade que a nossa cultura impõe. Ouvi da boca de um presidente de clube: "É mais fácil trocar um técnico do que procurar onde os dirigentes erraram".

Duvido dessa afirmativa e entendo que a contratação de um técnico envolve uma série de indicadores que norteiam o desenvolvimento da equipe de futebol do clube. Se ela se mantém numa divisão, se cai para uma divisão abaixo são perguntas difíceis de responder.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais