Foto de Vitor Magalhães
clique para exibir bio do colunista

Vitor Magalhães é jornalista do O POVO e escreve sobre política e mundo. É criador do Latinoscópio, projeto jornalístico que reúne diariamente informação, notícias, opinioes e curiosidades sobre os 20 países da América Latina

Vitor Magalhães internacional

Presidente da Argentina envia projeto de legalização do aborto ao Congresso

Alberto Fernández também enviou projeto para garantir cuidados integrais da saúde de mulheres grávidas e de seus filhos nos primeiros anos de vida
Presidente da Argentina, Alberto Fernandéz decretou lockdown no início da crise (Foto: ESTEBAN COLLAZO / Argentinian Presidency / AFP)
Foto: ESTEBAN COLLAZO / Argentinian Presidency / AFP Presidente da Argentina, Alberto Fernandéz decretou lockdown no início da crise

O presidente argentino, Alberto Fernández, anunciou nesta terça-feira, 17 de novembro, que enviará ao Congresso um Projeto de Lei para regulamentar a legalização do aborto no país. "A legalização do aborto salva a vida de mulheres", disse o peronista nas redes sociais.

Segundo ele, a criminalização do aborto acarreta práticas clandestinas que hospitalizam 38 mil mulheres por ano na Argentina e já mataram três mil mulheres desde o fim da ditadura no país.

"O dilema que devemos superar é se os abortos serão praticados na clandestinidade ou no sistema de saúde. As mulheres mais vulneráveis, em situação de pobreza, são as maiores vítimas do nosso sistema legal" afirmou.

O presidente também enviou projeto ao Congresso para garantir cuidados integrais da saúde de mulheres grávidas e de seus filhos nos primeiros anos de vida (Plan de los Mil Días). Ele propôs que o debate ocorra de modo franco, democrático e respeitoso entre os que pensam diferente.

Fernández já havia prometido ações referentes ao direito ao aborto durante sua campanha presidencial em 2019.

VEJA O VÍDEO NA ÍNTEGRA


Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais