CIDADES

EUA registram maior número de mortes por coronavírus em um único dia, com 3.124 óbitos

Edição Impressa
Tipo Notícia

Os Estados Unidos registraram na quarta-feira, 9, o maior número de mortes por coronavírus em um único dia, com 3.124 óbitos, de acordo com levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins.

O recorde acontece duas semanas após o feriado de Ação de Graças quando especialistas advertiram a população a não realizar reuniões ou viagens.

Hospitais de campanha foram instalados nos Estados da Califórnia Texas e Rhode Island. Segundo a Johns Hopkins, o país acumula 15.526.644 casos confirmados de Covid-19 e 291.307 mortes.

A Argentina selou um acordo com a Rússia pela compra de 10 milhões de doses da vacina Sputnik V. O presidente portenho, Alberto Fernández, anunciou que a colaboração entre os dois países permitirá vacinar 300 mil pessoas neste mês. A expectativa é atingir 10 milhões de argentinos entre janeiro e fevereiro.

"Quando a vacina russa chegar à Argentina, a primeira pessoa a tomá-la serei eu. Não tenho dúvidas da qualidade da vacina", disse ele em entrevista coletiva em Buenos Aires.

A Argentina já fechou acordos para 22 milhões de doses da vacina de Oxford, em desenvolvimento com a AstraZeneca, e do programa de vacinas COVAX. A vacina russa custará menos de US$ 20 por pessoa para as duas doses necessárias.

A Itália registrou 887 mortes relacionadas ao coronavírus nesta quinta-feira, um aumento significativo em relação aos 499 óbitos do dia anterior, de acordo com dados do Ministério da Saúde local. O país acumula 1.724.521 casos de coronavírus e 62.626 mortes por Covid-19. (AE)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais