CIDADES

Ceará tem lotação de 91,6% nas UTIs e 481 pacientes em espera

| SAÚDE CRÍTICA|Dessas pessoas no aguardo por uma vaga em UTI, quase duas em cada cinco estão em Fortaleza. A Capital concentra 188 delas
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
 Hospital Regional Norte em Sobral registra lotação máxima em UTI para casos de Covid (Foto: JÚLIO CAESAR)
Foto: JÚLIO CAESAR  Hospital Regional Norte em Sobral registra lotação máxima em UTI para casos de Covid

Atualmente, a fila de espera por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) específicos para Covid-19 está em 481 pacientes. Dessas pessoas no aguardo por uma vaga em UTI, quase duas em cada cinco estão em Fortaleza. É que a Capital concentra 188 delas, ou 39% do total. Essas informações foram atualizadas às 7h15min desta sexta-feira, 19, no IntegraSus, plataforma da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

Quando se soma aqueles pacientes que estão na espera por um leito em enfermarias, o número chega a 846 em todo o Estado. Já em Fortaleza a fila para enfermarias está em 71 pacientes.

A maior parte da população na fila tem mais de 60 anos. São 487 idosos em espera, sendo 238 homens e 249 mulheres. Em seguida, estão 329 pacientes que têm entre 31 e 60 anos de idade: 192 homens e 137 mulheres. Os pacientes entre 16 e 30 anos somam 24 — 11 homens e 13 mulheres — e aqueles de zero a 15 anos, seis — 2 homens e 4 mulheres.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >

O sistema também informa, com dados atualizados às 15h02min, que a taxa de ocupação nas UTIs do Estado está em 91,6%. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) estabelece que, a partir de uma taxa de 80% de ocupação, os estados entram na zona de alerta crítico.

De quinta-feira, 18, para esta sexta-feira, 19, foram registrados novos 4.825 casos de Covid-19 no Ceará. O Estado acumula 494.049 casos confirmados e 12.799 óbitos, conforme dados atualizados às 17h25min de hoje no IntegraSUS. Segundo o monitoramento, oito mortes ocorreram dentro das últimas 24 horas.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais