CIDADES

Cariri tem aumento de 58% nos casos de Covid-19

|PANDEMIA| Em pouco mais de cinco meses, a macrorregião de saúde registrou três quartos do total de casos e quase 80% do total de óbitos contabilizados em 2020
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
JUAZEIRO DO NORTE tem 23.925 casos confirmados e 465 óbitos (Foto: Luciano Cesário)
Foto: Luciano Cesário JUAZEIRO DO NORTE tem 23.925 casos confirmados e 465 óbitos

A macrorregião de saúde do Cariri, que abrange 45 municípios, é a com maior aumento no número de casos de Covid-19 e a com a menor redução no número de mortes. O dado é do boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e compara a primeira e a segunda semanas de maio. Entre os dias 9 e 15 deste mês, a região registrou 1.500 novos casos de Covid-19 e 69 pessoas morreram em decorrência de complicações da doença.

Os números representam um aumento de 58% nos casos e uma redução de apenas 5,5% nos óbitos quando comparados aos mesmos indicadores registrados na semana anterior. Em todo o Ceará, a macrorregião de saúde com menor aumento nos casos foi Fortaleza (14,1%), seguida do Sertão Central (19,3%) e da região Norte (40,8%). Somente o Litoral Leste/Jaguaribe teve redução no número de casos no período, com queda de 8,3%.

LEIA MAIS | Juazeiro do Norte não adota lockdown, mas reforça fiscalização, diz prefeito

Enquanto Fortaleza e Sobral flexibilizam, Cariri precisa passar por medidas mais rígidas

Quanto aos óbitos, o Sertão Central apresentou aumento de 63% e Fortaleza um aumento de 1%. No Litoral Leste/Jaguaribe as mortes pela doença caíram 15% e na região Norte tiveram queda de 43,4%.

O levantamento da Sesa indica também que, até o dia 15 de maio, foram registrados 49.099 casos e 994 óbitos por Covid-19 no Cariri neste ano. Os números representam 76% dos casos e 78,5% das mortes pela doença registradas em 2020.

O Cariri preocupa ainda ao olharmos para as regiões descentralizadas de saúde (ADS). Comparando o período de 11 a 24 de abril com o período de 25 de abril a 8 de maio, seis das 22 ADS tiveram aumento de óbitos. Metade delas estão no Cariri: Crato (15,8%), Icó (33,3%) e Juazeiro do Norte (47,1%).

Em live realizada no último sábado, 22, o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, alertou para o fato de que a região é a única do Ceará que tem mantido a taxa de transmissão acima de 1. Isso significa que cada caririense infectado pelo Sars-Cov-2 está passando o vírus para pelo menos mais uma pessoa.

"O Cariri é a região que, nesse momento, está mais nos preocupando porque lá aumentou o número de casos e também a demanda assistencial", afirmou o governador Camilo Santana na ocasião. Os gestores apontaram ainda a alta taxa de positividade dos testes para Covid-19. Segundo o painel de nível de alerta da plataforma IntegraSUS, a taxa está em 63,2%. "É muito preocupante e é preciso frear o avanço de transmissão do vírus, porque se continuar a demanda assistencial aumenta e haverá incapacidade de atender a população", ressaltou Camilo.

As demais regiões de saúde do Estado estão com taxas de positividade igual ou abaixo de 60%, sendo a de Fortaleza a com menor percentual (39,1%). Conforme o governador, a gestão está avaliando a abertura de novos leitos no Cariri para atender à demanda “que está crescendo”. Nesta segunda-feira, 24, a região tem 92,6% de ocupação dos leitos intensivos para pacientes com Covid-19. A taxa é de 76,3% nos leitos de enfermaria. Os dados são do IntegraSUS e foram atualizados às 14h05min.

A plataforma indica que a região conta atualmente com 138 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) adulto e 10 leitos de UTI infantil dedicados exclusivamente a pessoas com o novo coronavírus. Há também 230 leitos de enfermaria adulto, dois leitos de enfermaria gestante e 21 leitos de enfermaria infantil.

Macrorregião do Cariri

A região de saúde abrange 45 municípios, todos com altíssimo nível de alerta para a Covid-19. Veja o cenário epidemiológico em cada um:

  • Abaiara, tem 472 casos confirmados e 12 óbitos
  • Acopiara, tem 3.025 casos confirmados e 119 óbitos
  • Altaneira, tem 428 casos confirmados e 13 óbitos
  • Antonina do Norte, tem 595 casos confirmados e 22 óbitos
  • Araripe, tem 960 casos confirmados e 13 óbitos
  • Assaré, tem 1.633 casos confirmados e 32 óbitos
  • Aurora, tem 1.414 casos confirmados e 30 óbitos
  • Baixio, tem 413 casos confirmados e 10 óbitos
  • Barbalha, tem 5.077 casos confirmados e 108 óbitos
  • Barro, tem 1.112 casos confirmados e 21 óbitos
  • Brejo Santo, tem 7.535 casos confirmados e 137 óbitos
  • Campos Sales, tem 1.825 casos confirmados e 29 óbitos
  • Caririaçu, tem 1.179 casos confirmados e 34 óbitos
  • Cariús, tem 1.910 casos confirmados e 22 óbitos
  • Catarina, tem 650 casos confirmados e 15 óbitos
  • Cedro, tem 2.976 casos confirmados e 35 óbitos
  • Crato, tem 14.334 casos confirmados e 186 óbitos
  • Deputado Irapuan Pinheiro, tem 673 casos confirmados e 11 óbitos
  • Farias Brito, tem 2.234 casos confirmados e 43 óbitos
  • Granjeiro, tem 368 casos confirmados e 3 óbitos
  • Icó, tem 5.597 casos confirmados e 84 óbitos
  • Iguatu, tem 8.349 casos confirmados e 178 óbitos
  • Ipaumirim, tem 759 casos confirmados e 14 óbitos
  • Jardim, tem 1.402 casos confirmados e 46 óbitos
  • Jati, tem 597 casos confirmados e 8 óbitos
  • Juazeiro do Norte, tem 23.925 casos confirmados e 465 óbitos
  • Jucás, tem 1.297 casos confirmados e 42 óbitos
  • Lavras da Mangabeira, tem 2.246 casos confirmados e 40 óbitos
  • Mauriti, tem 3.046 casos confirmados e 78 óbitos
  • Milagres, tem 2.484 casos confirmados e 56 óbitos
  • Missão Velha, tem 1.799 casos confirmados e 28 óbitos
  • Mombaça, tem 3.344 casos confirmados e 99 óbitos
  • Nova Olinda, tem 930 casos confirmados e 14 óbitos
  • Orós, tem 2.724 casos confirmados e 66 óbitos
  • Penaforte, tem 623 casos confirmados e 9 óbitos
  • Piquet Carneiro, tem 1.487 casos confirmados e 24 óbitos
  • Porteiras, tem 1.298 casos confirmados e 25 óbitos
  • Potengi, tem 504 casos confirmados e 3 óbitos
  • Quixelô, tem 1.824 casos confirmados e 27 óbitos
  • Saboeiro, tem 725 casos confirmados e 10 óbitos
  • Salitre, tem 996 casos confirmados e 14 óbitos
  • Santana do Cariri, tem 1.015 casos confirmados e 26 óbitos
  • Tarrafas, tem 358 casos confirmados e 9 óbitos
  • Umari, tem 385 casos confirmados e 6 óbitos
  • Várzea Alegre, tem 2.601 casos confirmados e 57 óbitos

Fonte: IntegraSUS. Boletim Epidemiológico Novo Coronavírus (Covid-19). Atualizado em 24/05/2021, às 11h59min

Lockdown

O Governo do Estado recomendou em decreto publicado no sábado, 22, a adoção de lockdown nos municípios do Cariri “em face de seus dados epidemiológicos mais elevados” a fim de reduzir a pressão sobre o sistema de saúde. Atualmente, Mauriti está em isolamento rígido até o dia 1º de junho. Barbalha segue a medida até quarta-feira, 26.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais